Cavaleiros Marginais: música autoral do sul de SC


cavaleiros foto

 

Desde a criação do Mundo47, o Sul do estado de Santa Catarina esteve pouco presente na produção autoral da música independente no estado. Mas um novo grupo, os Cavaleiros Marginais, da cidade de Tubarão, surpreendem em seu primeiro trabalho. Bom, para conhecer essa turma, necessário apresentações. Cavaleiros marginais é antes de tudo, uma homenagem ao disco Clube da Esquina, em homenagem aos mineiros Lô Borges e Milton Nascimento.

Com o primeiro disco na web e também em versão CD, a banda tem canções próprias em português. Tanto pode se dizer que são rock, mas há também uma gostosa mistura de tango, samba, música clássica, aquela famigerada sigla MPB e outras boas influências. A banda é formada por  Guilherme Simon – voz;  Lucas Suárez – teclado e guitarra; Mauricio Nunes – guitarra e violão; Daiani Santinoni – bateria e Felipe Costa de Souza – baixo.

cavaleiros

Mesmo sendo um grupo novo pela ótica de Mundo47, os Cavaleiros Marginais existem desde 2008, quando subiu ao palco pela primeira vez no Festival de Música e Integração Catarinense (Femic) desse mesmo ano, para apresentar a canção Roda-gigante. O nervosismo da estreia não impediu que o público reconhecesse o talento dos jovens para compor canções. Embora não tenha vencido a mostra, a música foi surpreendentemente bem aceita e impulsionou o trabalho autoral do grupo.

Desde então, a banda de Tubarão tem feito diversas novas canções com um apurado sendo estático e uma excelente percepção com o adocicado vocal de Guilherme Simon e a perfeita harmonia dos demais músicos. Aos ouvidos sedentos por algo mais low profile na música Catarinense, o som dos Marginais é perfeito. Militando numa precária cena alternativa no estado, a banda se reveza em apresentações nos SESCs da vida e pequenos festivais.

Para melhor entender o que são os Cavaleiros Marginais, nada melhor do que uma boa audição do seu primeiro disco. Disponível gratuitamente no site da banda.

 

Banda autoral de rock alternativo. Baixe o disco:http://www.cavaleirosmarginais.com.br/

Comente

Cometários