Category: Shows

Fotos inéditas do show dos Ramones em Balneário Camboriú

IMG-20150722-WA0056

Não foi ontem, mas parece que foi. É enigmático falar do show dos Ramones em Balneário Camboriú naquele novembro de 1994. Até quem foi começa a pensar que foi um sonho. Há relativamente pouquíssimos registros desta apresentação de Johnny, Joey, CJ e Marky na Santur em 94. A tour passou por aqui e ninguém sabe como, os Ramones fizeram parte do cotidiano do pequeno balneário naquele mês de novembro. Em 1994, Balneário Camboriú era uma cidade com uma população muito menor do que é hoje e os ares, fora da temporada, eram provincianos e a cidade ficava , digamos, às moscas.

As fotos que estamos mostrando hoje são inéditas, tiradas pelo turismólogo, professor do Instituto Federal Catarinense, Eddy Ervin Eltermann, natural de Rio do Sul, residente no litoral catarinense desde 1995. Eddy também foi baterista de diversas bandas e hoje toca comigo, Rafa Weiss, na SouthFields, em Balneário Camboriú.

As imagens foram tiradas de câmera amadora, não com tanta nitidez ou foco, já que foi tirada no meio da platéia, no calor da emoção de ver os ídolos de perto, mas é um registro muito bacana dos Ramones em Santa Catarina. Sim, os caras estiveram entre nós.

 

IMG-20150722-WA0054 IMG-20150722-WA0052 IMG-20150722-WA0053

Autoramas renasce em 2015 com nova formação

Nova formação com Melvin, Erika Martins, Fred Castro e Gabriel Thomaz que continua no agora quarteto Autoramas.

Nova formação com Melvin, Erika Martins, Fred Castro e Gabriel Thomaz que continua no grupo

Exclusivo Mundo47

Fotos: Felipe Diniz 

Após um ano de 2014 com duas boas passagens pela Europa e vários shows em território nacional, a banca carioca Autoramas volta das férias de verão com muitas novidades. Muitas mesmo. Saem do combo powertrio Flavinha Couri (baixo) e Bacalhau Baca (bateria) e a banda se transforma num quarteto com a adição de Érika Martins (vocais e guitarra), Fred Castro (bateria) e Melvin (baixo). Bom, segundo Gabriel Thomaz, fundador agora único membro original da banda, Bacalhau encerrou seu ciclo na banda e vai tocar outros projetos musicais. Já Flavinha se casou em 2014 e está de muda para a Dinamarca, o que ficaria impossível de continuar no grupo.

Fred, Érika e Melvin são velhos conhecidos. Fred Castro foi baterista da formação clássica dos Raimundos, amigo de Gabriel já há mais de 20 anos e que quando participava dos Raimundos, havia gravado já uma cansão composta por Thomaz e que fez sucesso com o quarteto de Brasília nos velhos tempos. Melvin é músico de diversas bandas no Rio, toca junto com Gabriel e Érika na banda Laffayette e Os Tremendões e também é conhecido pelo seu trabalho junto ao Carbona. Érika Martins, além de esposa de Gabriel Thomaz, foi vocalista da banda Penélope, nos anos 1990 e ultimamente vinha fazendo uma carreira solo interessante, sempre acompanhada de bons músicos, mas com foco de seu trabalho mais no sudeste do que no sul do país.

Estreia nos palcos acontecerá neste próximo final de semana em Brasília.

Estreia nos palcos acontecerá neste próximo final de semana em Brasília.

A notícia caiu na última semana como uma bomba para os fãs mais exagerados, porém o que se vê é que o Autoramas não vai deixar a peteca cair e saindo integrantes clássicos, as substituições são a altura. Ainda de acordo com Gabriel, nas redes sociais, o ambiente no novo combo está perfeito e os ensaios estão “on fire” no RJ para a estréia no próximo dia 21, num show em Brasília. Outra novidade é que o agora quarteto, está avançado na produção de um novo álbum para o Autoramas. O novo disco deverá sair em breve, mas antes a banda já tem agendada giros para fora do país, com agenda no festival South By Southwest, nos Estados Unidos , uma parada no México e também mais um giro europeu, 11º tour do Autoramas no Velho Mundo. Conversando com Mundo47, Gabriel disse que a banda está unida novamente. “É uma maravilha tocar assim, trabalhar com um só objetivo. com o Fred eu já toco há mais de 20 anos, perdi a conta de quanta coisa fizemos juntos, no Little Quail e Raimundos. Com Érika e Melvin, já tocávamos juntos com Lafayette & Os Tremendões. Eu, Erika e Fred gravamos no fim de 2014, um EP chamado Érika & Gabriel, que ficou lindaço. Agora essas músicas farão parte do repertório do Autoramas”, explicou o guitarrista.

Érika Martins, que tinha uma carreira solo antes de se juntar ao Autoramas explica que tudo ficará como antes, conciliando agendas com seu trabalho solo.  Inclusive, lançará o seu primeiro DVD solo no 2º semestre,  dirigido por Dada Burger e  que será exibido pelo Canal Brasil e depois será lançado em DVD.  Sobre sua entrada no Autoramas, a cantora diz que sempre esteve de um jeito ou de outro no Autoramas. Há 13 anos estão juntos e Érika sempre acompanhou a carreira da banda no período. “Sempre escutei as composições antes de qualquer pessoa (até várias foram feitas e dedicadas pra mim, né?! A clássica “Você Sabe” é muito amor”, diz.

 

Escute “Verão” – música nova dos Autoramas  

DISCO NOVO E CROWNFOUNDING

Nada pode parar os Autoramas, e não é para parar mesmo. O novo álbum já está sendo produzido, de acordo com Gabriel Thomaz, várias ideias e riffs já estão na cabeça e o caderninho de Gabriel queima de novas composições. O sistema de financiamento é bem interessante para diversas bandas, que podem financiar gravações e a prensagem dos discos através dos fãs. O site Embolacha ficou encarregado de receber o cash e lá você tem várias opções de ser financiador do projeto, até mesmo um pacote que incluí show completo para o financiador.

Woodsrock: o Alto Vale relembra velhos tempos

wood

Lendário era o Tschumistock. Festival ao ar livre realizado durante 13 anos em Rio do Sul, no Alto Vale do Itajaí. Os anos passaram e desde 2008 o Tschumistock não é realizado. Ficamos órfãos? Bom, o fim do tradicional festival em Rio do Sul foi ponto de partida para a criação e consolidação de uma cena importante para o rock autoral em Santa Catarina. Hoje a cidade é uma referência, mas faltava reviver aqueles tempos onde nos enfiávamos num festival num sítio ou chácara afastada de tudo e de todos, onde só o rock iria imperar novamente.

Eis que surge o Woodsrock. O festival que inicia amanhã promete uma programação com mais de 20 atrações musicais e intervenções artísticas. Segundo a turma que organiza, um m festival multicultural que vai movimentar o cenário cultural catarinense, cedendo espaço para que se crie um ambiente paralelo. Nem que seja por tempo determinado.

O Woodsrock acontecerá entre os dias 14 e 16 de novembro em Ibirama, no sopé da serra do Alto Vale do Itajaí, na pousada Scursel,  com área para camping, serviço de bar e cozinha, estrutura de banheiros e chuveiros, piscina e sala de jogos.  Confira a programação e o serviço. Ainda há tempo de se programar e dar um rolê na terra dos belos “panoramas”.
# PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Sexta – 14/11/2014
19h30 Full Control – Ibirama/SC
21h00 Costeletas – Rio do Sul/SC
22h30 Sabiá Preto – Ibirama/SC
00h00 Lenzi Brothers – Balneário Camboriú/SC
01h30 Rhestus – Indaial/SC
03h00 DeadAttack – Caçador/SC

Sábado – 15/11/2014
13h30 Buddy Revell – Ibirama/SC
15h00 Frenesi – Ibirama/SC
16h30 Homem Lixo – Rio do Sul/SC
18h00 Don Capone – Orleans/SC
19h30 Chapéu Preto – Taió/SC
21h00 Mar de Marte – Erechim/RS
22h30 Scarlett – Balneário Camboriú/SC
00h00 Centro da Terra – São José do Rio Preto/SP
01h30 Vlad V – Blumenau/SC
03h00 Rolldyn – Rio do Sul/SC

Domingo – 16/11/2014
10h30 Cores Berrantes – Curitiba/PR
12h00 Da Caverna – Florianopólis/SC
13h30 Ninguém Sabe – Itajaí/SC
15h00 Tribuzana Blues – Florianopólis/SC
16h30 The Headcutters – Itajaí/SC
18h00 Filipe Burgonovo – Blumenau/SC

Serviço
O quê: Woodsrock 2014
Quando: 14,15 e 16 de novembro de 2014
Onde: Sítio e Pousada Scursel – Rua das Flores, s/n – Ribeirão das Pedras – Ibirama/SC
Quanto: Antecipados: R$80 (para os 3 dias de evento)
Informações: facebook.com/festivalwoodsrock / Rafael Martins – (47) 8879 5495 / (47) 3357 2944

20 anos dos Ramones em Balneário Camboriú

 

Histórico! Ramones em SC - Foto Júlio Cavalheiro
Histórico! Ramones em SC 1994 – Foto Júlio Cavalheiro

O lendário show dos Ramones no parque da Santur em Balneário Camboriú completa hoje 20 anos. No dia 11 de novembro de 1994, os Ramones fizeram sua única e histórica apresentação em Santa Catarina ao lado do Sepultura (em grande fase) e dos Raimundos (que há pouco tinham lançado o primeiro álbum). O show aconteceu numa sexta-feira e movimentou gente de todo canto do estado, que organizaram vans e ônibus para testemunhar a épica aparição de Joey, Johnny, CJ e Marky na “praia mais badalada do sul do mundo”.

ramones ingresso

Ingresso do Wanderson Verch, ainda com o canhoto.

O dia foi bastante estranho. As pessoas não acreditavam que se dirigiam para um lugar como a Santur para ver os Ramones. Filas, calor e aquela porta de vidro que virou pedacinhos, apesar do “caos” a turnê Acid Chaos passou por diversas cidades brasileiras, mas aqui a coisa tomou pela lenda, pois tu fala para alguém que os Ramones se apresentaram em Balneário Camboriú e pouca gente acredita.  O sentimento como adolescente que foi no show meio que ao acaso (aproveitei carona para a praia e pimba, vi os Ramones com a turma do prédio) foi única. Era um fã de Ramones desde mais moleque, e ver que eles existiam de verdade foi um sonho… realizado. Difícil esquecer tudo.

Mundo47 foi atrás de algumas personalidades locais que estiveram no show. Pedimos para que dessem um depoimento falando da experiência em participar do show histórico.

 

Bola Teixeira, jornalista, blogueiro, fotógrafo

BOLA

“Cheguei a tarde na Santur e a fila virava quarteirão, no caso, pavilhão. Os portões – de vidro – ainda fechados. Sai fotografando tudo que via pela frente. Lembro de uma menina ensandecida na fila que fotografei. O tempo passou, milhares de pessoas na fila e nada de abrir a porta, até que o povo resolve abrir na marra. Vidro estilhaçados e invasão generalizada do pavilhão sob os olhares de reprovação do diretor da Santur Alvaro Silva. Fui direto para os camarins. Conversei com os caras do Raimundos e cumprimentei meus ídolos Ramones, mas estava tudo muito corrido e fui para o chiqueirinho. A altura – baixa – do palco permitiu que fizesse muitas fotos, verdadeiros portraits de meus ídolos.

Joey Ramone - por Bola Teixeira

Joey Ramone – por Bola Teixeira

 

Na verdade não dei muita bola pra Raimundos. Queria mesmo era fotografar e acompanhar o setlist dos Ramones. No meio da muvuca vejo aquela mesma menina que fotografei lá fora já em fim de linha sendo carregada para fora do pavilhão desmaiada. Entra o Sepultura. O povo enlouquecido demais, vazei do chiqueiro e acompanhei lá detrás do pavilhão. Foi tudo muito inesquecível, se é que você me entende”

Marcos Espíndola, jornalista/empresário

marquinhos

“Eu não sei se você esteve lá, mas também não te recrimino se você achar que eu também não estive. Mas todos sabemos o tamanho da nossa fé. Explico: a saga dos Ramones começou antes. Do boato sobre a possível vinda dos caras para Balneário Camboriú, que se alastrou numa torrente de incredulidade. “Em Balneário? Nem f******!”, era o que mais se ouvia. E justificável, veja, naquela época mal entrávamos no Windows e a internet era algo impensável para esses cantos de cá do Atlântico. Fato é que a história esquentou, ferveu e fez o tempo fechar na cidade.  Na época eu estagiava em um jornal da cidade e lembro de aproveitar a deixa para correr hotéis a procura da camarilha punk, aqueles heróis da juventude. Até que do algo do Geranium (é esse o Hotel), deu para ver algumas cabeças cabeludas e de óculos escuros. Bom, vai ter show. E foi “O” Show.  Foi o congraçamento de uma vida, um rito de passagem tardio para milhares de marmanjos que ali sacramentaram o fim da adolescência. Perdemos a inocência e quase tudo passou a ser possível. Tenho comigo que muitos até hoje juram que foram para não passar vergonha por não ter levado fé. Tenho a impressão de que se todos aqueles que garantem que estiveram presentes no show realmente estavam lá, teria que haver dois daqueles complexos da Santur.
Eu não os recrimino por mentirem. Até eu custo a acreditar ainda hoje eles estivavam ali na minha frente”
Klaus Peeter Loos, Empresário/Sumidade do Metal
klaus

“11/11/94, quem diria, já se passaram 20 anos daquela sexta-feira maluca, em que pouca gente acreditava e hoje ainda duvida. Ramones e Sepultura juntos em Balneário, Camboriú, na Santur,  com abertura dos então iniciantes Raimundos, seria possível? Sim, cheguei lá cerca de 3 horas antes do show, uma confusão danada na entrada, muita gente concentrada derrubou os portões de acesso, loucura. Já lá dentro, o palco ao fundo, muito aglomero, gente escalando as paredes laterais, surreal. Raimundos deu seu recado, e então os mágicos Ramones fizeram um show digno da sua aura mística, deixando todos hipnotizados, com a sequência de 1,2,3,4…pau!! Lembro bem de I just want to have something to do, Pet Sematary, I Belive in Miracles , Pshycho Terapy e tantas outras, tocadas na velocidade da luz, com Joey Ramone dando um banho de carisma. Por fim, Sepultura do Brasil, na turnê do Chaos A.D. cuspindo fogo, literalmente derrubando o teto do local, êxtase total, veio, viu e venceu, mostrando ser a melhor banda brasileira de todos tempos, coisa que nunca ninguém vai tirar deles. Como fã, digo que foi mais quente que o inferno. War for Territory!!! Foi um sonho? Talvez, mas no final saímos felizes e suados dele, inesquecível!!”

Wanderson Verch, jornalista, baterista Syn TZ, mito
wander

“O dia 11 de Novembro de 1994 é inesquecível por si só em minha mente, em meu coração… Nessa data puder conferir, no auge de meus 15 anos de idade, a apresentação de duas das maiores bandas do mundo em Balneário Camboriú: Sepultura e Ramones. Tenho até hoje o ingresso, com canhoto, uma relíquia guardada a 7 chaves. Dos Ramones, lembro do impacto que me causou ver aquelas figuras americanas enjaquetadas, com suas músicas frenéticas, que não dava tempo pra respirar direito. Lembro também do mascote da banda com a plaquinha “Gabba Gabba Hey” agitando a galera, e é claro, dos anos pós-show, quando conto para os fãs que vi os Ramones, ao vivo, em Balneário Camboriú, e eles custam a acreditar.”

Ulysses Dutra, jornalista, guitarrista
ulysses
“Simplesmente um sonho de adolescência tornando-se realidade. Ramones tocando em Santa Catarina era algo impensável e que se materializou naquela noite mágica. Ganhei uma credencial através do amigo Emerson “Tomate” Gasperin e do Zeca, do Sincronia Total e pude ficar na fila do gargarejo pra assistir o quarteto mandar ver em todas aquelas músicas que eu tocava junto com os LPs no quarto de casa até rasgar o papel dos alto-falantes de um 3 em 1. Foi sensacional. Hey ho!”.
Ulysses com galera de Floripa.

Ulysses com galera de Floripa.

 

Celsinho Castellen, músico, empresário

celso

“Foi a coisa mais animal do mundo. Eu poguei um monte na primeira música, e o resto não me mexi pra não perder nada. Fiquei parado o show todo. E me arrependo até hoje que fui com uma camisa do Sepultura, cara, foi animal, difícil ter palavras para descrever, eu sabia todas as músicas de cor.  Quando o cara foi passar o som da guitarra, tinha um cara do meu lado berrando “tira a mão dessa guitarra q tu não merece”. E eu tava lá na frente na hora q estourou a porta, foi um show animal, nunca vou esquecer, tenho o ingresso ainda inteiro”.

 

Rodrigo Fachini, jornalista

fachini

“Apesar da pouca idade, pouco mais de 16, e recém inserido no mundo do rock, a paixão pelo Ramones foi de  bate-pronto: ocorreu logo após ouvir as primeiras músicas, pelos anos de 91,92. Lembro como se fosse hoje, quando anunciaram os shows, Raimundos, Ramones e Sepultura em BC, a primeira reação foi dizer que era mentira ou que se tratava de um evento com bandas Cover. Depois de checar a veracidade, iniciou o processo de busca de ingresso e de como iria ao show. Aventuras à parte e sucesso na empreitada, os primeiros 20 minutos de show dos  Ramones foram de estagnação e a sensação inicial que não poderia ser verdade, foi a tônica. Show memorável e um dos últimos da da formação e que nunca sairão da minha memória.”

 

 

Paul McCartney retorna para mais uma turnê brasileira

 

paul-mccartney800

Ele ficou 17 anos sem aparecer por aqui, mas desde 2010, Sir Paul McCartney, o eterno beatle, retorna ao país para um giro pelas capitais nacionais.

Depois de shows em cidades antes não imagináveis para uma parada de um rock star de seu porte, como Florianópolis, Goiânia, Fortaleza, sir Paul estará abrindo sua turnê brasileira em “Cariacica”, município da grande Vitória, no Espirito Santo. O show acontecerá no dia 10 de novembro no estádio da cidade. Confirmado hoje, o show do dia 12, no HSBC Arena, no Rio de Janeiro. Depois uma pausa e 10 dias depois, no dia 23 de novembro, no estádio Mané Garrincha, é a vez de Brasília. A turnê vai encerrar nos dias 25 e 26 no estádio Allianz Parque, estádio do Palmeiras, em São Paulo.

A primeira turnê de Paul McCartney no Brasil quebrou todos os recordes de bilheteria da época e entrou para o Guinness – Livro dos Recordes como a maior audiência de um concerto em estádio. Mais de 184 mil pessoas compareceram ao show no Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro, em 1990.

Paul McCartney já se apresentou no Brasil 15 vezes, desde os anos 90. Essa será a primeira visita do artista a Vitória e Brasília. Em São Paulo, onde se apresentou em 2010, o show acontece no recém-inaugurado Allianz Parque.

Imperdível!

Os ingressos já estão à venda no site da Tudus.

 

Para relembrar, vamos com vídeos que fiz da passagem de Paul McCartney por Florianópolis, em 2012.

Rock This Beach 3 acontece neste sábado em Itajaí

10488083_744170438963270_2937543503061206128_n

 

Fexxxxxxxxxxxtênha!

Neste sábado, no Soul Beach (Canto da Lagoa, Praia Brava) de Itajaí rola a terceira edição do festival Rock This Beach.

Os guris da Yellow Box recebem nesta edição o blues da Headcutters e o rock com pitadas pop da Ou3torya.

Ingressos por R$ 30,00 pros manos e R$ 20,00 pras minas.

Chega lá, chega!

SESC Prainha recebe banda Repolho para dois shows gratuitos

Chapecoenses fazem dois shows no SESC Prainha dias 8 e 9 de agosto

Chapecoenses fazem dois shows no SESC Prainha dias 8 e 9 de agosto

Queremo róque!

E a Banda Repolho retorna à Florianópolis nos dias 08 e 09 de agosto para duas apresentações gratuitas no SESC Prainha. Depois dos excelentes shows dos Irmãos Panarotto, no mesmo local,  Roberto e Demétrio voltam com a Repolho para shows na capital. Chapecoenses em alerta!

Imperdível!

repolho cartaz

 

 

Strokes confirmado no Festival El Mapa de Todos

Os Skrotes, de Florianópolis

Os Skrotes, de Florianópolis

A primeira e por enquanto única atração catarinense na 5ª edição do Festival El Mapa de Todos, que será realizado em Porto Alegre em novembro, é a banda The Skrotes, de Florianópolis. A novidade foi postada no site Underfloripa na noite de ontem, pelo jornalista Luciano Vitor. É a primeira vez que uma banda do estado tocará neste festival, que integra de uma forma íntegra, o melhor da música produzida na América Latina.

O festival criado e idealizado pelo jornalista e editor do site SenhorF, Fernando Rosa, percorre a América Latina pesquisando e apresentando novas perspectivas da música produzida no continente americano. E o melhor, não é um festival veiculado ao famigerado e na minha opinião destruidor da cena independente, a turma do Fora do Eixo.

Vida longa ao El Mapa de Todos!

Veja os artistas já confirmados no El Mapa de Todos

 

 

Festa Rock Therapy trás duas bandas nesta Sexta13 na Lagoa

L8 & A Geleira Ming

L8 & A Geleira Ming

E nesta sexta-feira 13 o rock e o rap tomam conta da Lagoa da Conceição. No Rock´NRoots as bandas L8 & A Geladeira Ming e O Mundo Analógico, fazem os trabalhos sonoros da noite. Marcelo Mancha, da Eutha, participa do projeto da L8 & A Geladeira Ming, explica que a festa é mais uma nova proposta para a noite rock da ilha de Santa Catarina. A fextênha inicia a partir das 23 horas na Lagoa da Conceição.

L8 & A GELEIRA MING L8 (voz, letras e rimas) Leandro Meneses de Oliveira a.k.a. ‘L8′, é um rapper nascido em Cascadura, subúrbio carioca e criado no bairro Pantanal em Floripa. L8 é sobrinho-neto de um dos maiores compositores da música brasileira, o eterno Edson da Conceição (autor da música “Não deixe o samba morrer”, que entre tantos intérpretes, foi sucesso consagrado na voz de Alcione). No fim de 2013 lançou o cd ‘Não deixe o Rap Morrer’.

A GELEIRA MING (eletrônicos, beats e percussão) Marcelo Cabral a.k.a Mancha a.k.a (2) Tio Mano é baixista e vocalista da banda eutha (ex-euthanasia), formação hardcore metal da Ilha. Heráclito Maia a.k.a Herax Stein é percussionista e vocalista do eutha. A banda sempre teve influências da cultura hip-hop, incorporadas ao som pesado e ao estilo artístico e visual urbano do eutha. A paixão da dupla pela Black Music deu origem ao projeto de DJs Mancha e Herax from L.I.M.B.O., que agora com o reforço do rapper L8, se transforma no trio ‘L8 & A Geleira Ming’, nome inspirado na antiga e poderosa Dinastia Ming, que governou a China de 1368 a 1644.

O Mundo Analógico

O Mundo Analógico

O Mundo Analógico nasceu no Sul, em Criciúma pelos idos de 2005, com o intuito despretensioso de se divertir e, de quebra, levar esse mesmo sentimento ao seu público. Os caras já dividiram o palco com grandes nomes da música nacional e internacional, como
 Marcelo D2, Tribo de Jah, Os Paralamas do Sucesso, Raimundos, Goldfinger (Califórnia), Reel Big Fish (Califórnia), Rx Bandits (Califórnia), Streetlight Manifesto (New Jersey), entre outras. Tocaram também em diversos festivais, como o SurfScream Festival, Viva Festival, Rock City Festival, Skarrocks Festival (SP) e a Maratona Cultural de Florianópolis. Eles atualmente trabalham na divulgação do primeiro álbum, Nosso Mundo, lançado no final de 2012, onde mesclam rock, reggae e ska.

Rock N Roots Floripa

Av. Afonso Delambert Neto 103/loja 5, 88062-000 Florianópolis

Os Autoramas dominam a Europa

10351824_846124582081765_1403918511388235997_n

 

 

Os Autoramas dominam a Europa!

Do final de maio até o início de agosto a banda brasileira independente mais trabalhadora estará fazendo um verdadeiro giro europeu. Gabriel, Bacalhau e a Flavinha destilam seus clássicos atrás de clássicos no velho mundo. O último disco, Música Crocante, que teve as fotos do álbum tiradas no show em Balneário Camboriú, é com certeza um dos melhores da banda. Esperamos no segundo semestre essa rapeize de volta!

Confira os shows (se você estiver por essas cidades nestas datas, não perca!)

29/5 – Paris, France – Le Divan du Monde
30/5 – Bourges, France – Festival Cosmic Trip
31/5 – Bilbao, Spain – Kafe Antzokia + Bullet Proof Lovers
01/6 – Almansa, Spain – Codigo de Barras
02/6 – Benidorm, Spain – Rockstar
03/6 – Valencia, Spain – 16 Toneladas
04/6 – Zaragoza, Spain – La Lata de Bombillas
05/6 – Madrid, Spain – Gruta 77
06/6 – Vitoria, Spain – HellDorado
07/6 – Lanzarote, Canary Islands, Spain – Festival Sonidos Liquidos
08/6 – Sopelana, Spain – La Triangu
09/6 – Ourense, Spain – Cafe Auriense
10/6 – Vigo, Spain – La Iguana
11/6 – Coruña, Spain – Casa Tomada
12/6 – Coimbra, Portugal – Salão Brasil
13/6 – Rio Maior, Portugal – Maiorais
14/6 – Lisboa, Portugal – Aniversário da Groovie Records – Sabotage
15/6 – Leon, Spain – Gran Cafe
16/6 – Aretxabaleta, Spain – Haizea
17/6 – Le Mans, França – Les Subsistances
18/6 – Ciboure, France – La Factory
20/6 – San Sebastian, Spain – Le Bukowski + Small Jackets
21/6 – Bordeaux, France – Fête de la Musique
25/6 – Kassel, Germany – Raum für Urbane Experimente – 8PM
25/6 – Kassel, Germany – H*** – 10 PM
26/6 – Basel, Switzerland – Hirscheneck
28/6 – London, UK – Weirdsville
04/7 – Terneuzen, Holand – Den Engel
09/7 – Mariehanm, Aland Islands – Dino´s
10/7 – Helsinki, Finland – Loose
11/7 – Forssa, Finland – Hukka
12/7 – Turenki, Finland – Suviranta
13/7 – Vesilahti, Finland – Tikankolo
21/7 – Perpignan, France – Ubu
22/7 – Sète, France – La Praia
25/7 – Torino, Italia + Agent Orange TBC
30/7 – La Spezia, Italia + The Dictators
01/8 – Bern, Switzerland – Dachstock
05/8 – Fürth, Germany – Kunstskeller
06/8 – Köln, Germany – Sonic Ballroom
07/8 – Hamburg, Germany – MS Hedi
08/8 – Berlin, Germany – White Trash
09/8 – Aalborg, Denmark – Love In Vaarst

 

 

Second Blues de Marzio Lenzi será lançado em Bombinhas no sábado

marzio

 

Marzio Lenzi lançará seu excelente disco Second Blues neste sábado, em Bombinhas, no Magic Bus num show carregado do bom e excelente blues lageano, produzido nos vastos campos de pinhão. O frio é convidativo para um vinho e este som bacana rangendo das guitarras de Marzio.

Checa o cartaz aí e se liga nessa

 

10402837_764056850306266_8077041689257169366_n

 

Patrulha do Espaço faz shows em Itajaí e Florianópolis no fim de semana

Patrulha do Espaço mostra novas músicas para o público catarinense

Patrulha do Espaço mostra novas músicas para o público catarinense

 

Depois de voltar de uma turnê de três shows na Argentina, a Patrulha do Espaço segue na estrada para lançar seu disco mais recente pelo Brasil. Desta vez, as cidades que recebem a banda são Itajaí e Florianópolis, nos dias 25 e 26 de abril. No interior catarinense, a apresentação é no Big Pub, espaço para atrações nacionais e internacionais de rock. A abertura deste show fica por conta da banda Ninguém Sabe. Na capital, a Patrulha toca na Célula Cultural, lugar que sedia eventos de música, dança, teatro, cinema e outras atividades artísticas.

O repertório contempla várias fases da trajetória da banda, passando pelo rock direto produzido na década de 1980, até chegar aos anos 2000, representados por um som pesado e melódico, sem perder a pureza do rock’n’roll. Um desses trabalhos é o EP Veloz, álbum lançado em março. O disco é composto por três músicas inéditas, sendo uma delas versão do grupo argentino La Renga, além do bônus com a gravação ao vivo de Deus Devorador, clássico de 1985. Também foram incluídas duas vinhetas neste CD: uma traz um solo do baterista Rolando Castello Júnior e a outra expressa na letra uma brincadeira que os próprios integrantes fizeram com seu trabalho: “Bom, bonito e barato, só Patrulha do Espaço”. A capa é uma obra da vocalista Marta Benévolo, que reciclou materiais para montar a escultura de uma tartaruga.

Também faz parte do set list a música Vamos a Buscar La Luz, do power trio argentino Aeroblus, que o baterista Rolando Castello Júnior integrou antes de fundar a Patrulha do Espaço. O roteiro abrange, ainda, faixas de Dormindo em Cama de Pregos, Missão na área 13, e dos cinco primeiros trabalhos da banda, que saíram entre 1980 e 1985. Lançamentos de reedições dos primeiros discos da Patrulha

Patrulha do Espaço surgiu em 1977 e, desde então, já lançou 19 álbuns, entre discos de vinil, CDs e coletâneas, distribuídos no Brasil e Argentina. Este ano, o grupo preparou várias surpresas para os fãs: em fevereiro saiu a reedição do trabalho conhecido como Disco Preto, gravado em 1979, um dos clássicos brasileiros e o primeiro disco independente de rock do país. Com capa original, som remasterizado e uma faixa extra, o CD é um lançamento do Die Hard Records. Pelo mesmo selo, a Patrulha também reedita seu segundo disco, que sai em junho.

Serviço
Show da Patrulha do Espaço em Itajaí
Data: 25 de abril
Horário: A casa abre às 21h
Banda Convidada: Ninguém Sabe
Local: Big Pub – Rua Luiz Lopes Gonzaga, 876 – São Vicente
Informações para o público: (47) 99879234
Ingressos: Homens – R$20,00. Mulheres: R$15,00

Show da Patrulha do Espaço em Florianópolis
Data: 26 de abril
Horário: A casa abre às 23h
Local: Célula Cultural – Rodovia João Paulo, 75 – Saco Grande
Informações para o público: (48) 9962-8351/(48)9907-8986
Ingressos: R$30,00
*Ingressos antecipados com desconto na Roots Records – Rua Felipe Schmidt, 249, telefone (48) 3222-1134.

Festa Coelho Metálico traz Matricidium e Syntz neste sábado

1554456_520308091425617_226294859_n

 

 

A quinta edição do Coelho Metálico acontecerá neste sábado no Gas Station Pub, em Balneário Camboriú. Mister Klaus Loos (Natal Metálico) e sua rainha Fabi Loos, o casal que mais agita a cena metal e hard rock na região, organizam mais uma bela festa. No menu metálico duas bandas de Balneário Camboriú, com material próprio (não é cover!), as bandas Matricidium e Syntz, esta última com EP na praça. Na videotecagem metal, o próprio Klaus, o VJ Metal, já tradicional aos sábados no Gas Station. Ingressos R$ 15 na hora.

 

Rio do Sul recebe Cachorro Grande no feriado de Páscoa

 

Free concert: neste sábado, 21h, tem rock em RiodoSul

Free concert: neste sábado, 21h, tem rock em RiodoSul

Será de graça, será ao ar livre, será rock and roll o próximo sábado em Rio do Sul, a cidade do rock em Santa Catarina. Os gaúchos da Cachorro Grande serão a grande atração em mais um dias do imenso calendário cultural do aniversário de 83 anos de Rio do Sul, comemorados no último dia 15 de abril. A Fundação Cultural de Rio do Sul, de dois anos para cá, consegue ser uma das fundações mais atuantes do estado, sempre valorizando a produção cultural local, mas também possibilitando a vinda de outros artistas para um imenso intercâmbio com a cidade.

Rick Ferreira: o homem era unha e carne com Raulzito

No sábado o rock acontecerá ao ar livre, de graça, a partir das 15 horas no Parque Harry Hobus com a Liss. Após, às 17h é a vez dos Costeletas. O rock segue fumegando com show Tributo a Raul Seixas, com a presença de Rick Ferreira, guitarrista que participou de toda a discografia de Raulzito a partir de 1974, no álbum Gita. Ferreira também gravou e tocou com outros artistas, como Erasmo Carlos, Guilherme Arantes, Zé Ramalho, Belchior e Barão Vermelho. A Cachorro Grande será a última atração da noite, a partir das 21 horas, no mesmo palco do Parque Harry Hobus, é a certeza de muito som e pulinhos “Porto Alegre”…

Irmãos Panarotto em dose dupla na capital catarinense

1972430_10201543539302241_1800780670_n

 

Além da programação do Floripa Noise Festival, Florianópolis também terá uma overdose de róque no SESC Prainha, no centro da capital catarinense com os Irmãos Panarotto. Depois do recém lançado disco Chamando Chuva, é a primeira vez que os Irmãos Panarotto se apresentam na capital do estado.Irmãos Panarotto é um trabalho solo em dupla de dois integrantes da banda Repolho. Como diz os rapaze, o show é composto por músicas dos dois discos do projeto dos brous, entre outras bobagens que sempre sai na hora. Os shows acontecerão nesta sexta (04) e sábado (05) com a participação de Akira Fukai (banda John Filme) e Daniel Posta (banda Adam e Juliette)

 

Quer ouvir as músicas?

Ouça aqui: http://ir-panarotto.bandcamp.com/ (e pode baixar também) por sua conta e risco.

No show elas são sempre executadas de maneira completamente diferente.


 

 

Sua vida vai ser outra depois do Floripa Noise 2014

 

noise-cartaz

 

 

Com programação definida o Floripa Noise Festival começa no final de março e vai até 12 de abril com VÁRIAS atrações bacanas a preços justos e alguns até na faixa. Mostra de cinema, feira de vinil, múmias a granel e a presença de mestres da música catarinense, brasileira e até mundial. Destaque para shows da banda de prog, Focus (Holanda) e do maravilhoso Jards Macalé.  Confira a programação e se acerte para passar dias maravilhosos na companhia de Guilherme Zimmer e companhia na capital dos catarinenses manezinhos.

 

 

29.03 (sábado)
Shows com
Nervochaos (SP)
Into Darkness (ALE)
Khrophus
War-Head (CRO)
A partir das 23h – $20
Célula Showcase

01.04 (terça-feira)
CINEMA DE BOTECO
FILMES:
A História de Lia (Rubens Melo, 2010, 13 min)
Erivaldo, O Astronauta Místico(Gurcius Gewdner, 2013, 6 min)
O Segredo da Múmia (1982, Ivan Cardoso, 82 min)
Linguinha The Killer (Mauricio Ribeiro Júnior, 2012, 29 min)
Cabra Bode ( Milton Santos, 1968, 40 min)

A partir das 19h – Entrada franca
Taliesyn Rock Bar

02.04 (quarta-feira)
CINEMA DE BOTECO
FILMES:
Amor & Tara (Ivan Cardoso, 1971, 3 min)
O Bacanal do Diabo e Outras Fitas Proibidas de Ivan Cardoso (2013, 60 min)
WAR (Gurcius Gewdner, 2012, 6 min)
Filmes são seus Amigos (Gurcius Gewdner, 2013, 2 min)
Filme Politico Numero 1 (Petter Baiestorf, 2013, 1 min)
Zombio 2: Chimarrão Zombies (Petter Baiestorf, 2013, 83min)

A partir das 19h – Entrada franca
Taliesyn Rock Bar

03.04 (quinta-feira)
CINEMA DE BOTECO
FILMES:
Mukeka di Rato _ Pedra (Fernando Rick, 2012, 3 min)
Os Pedrero _ Pressa de te Amar (Gurcius Gewdner, 2013)
Almoço na Relva (Gurcius Gewdner, 2013)
O Tiroteio do Esqueleto sem Cabeça (Christian Caselli, 2003)
Mamilos em Chamas (Gurcius Gewdner, 2008, 60 min)
Os Bons Tempos Voltaram: Vamos gozar outra vez (Ivan Cardoso & John Herbert, 1986, 80 min)

A partir das 19h – Entrada franca
Taliesyn Rock Bar

04.04 (sexta-feira)
CINEMA DE BOTECO
FILMES:
Perdigotos da Discórdia (Christian Caselli, Fabiano Soares, Gurcius Gewdner, Petter Baiestorf, 2012)
Os Curtas Melequentos de Luciano Irthumm (Luciano Irthumm, 1998/2013, 20 min)
Fragmentos de uma Vida (Petter Baiestorf, 2004)
O Panorama da Carne (Scoria Filmes, 2013, 20 min)
Loreno Contra o Espantalho Assassino (Mantenópolis/ES, Manoel Loreno, 1989)

Show de encerramento com a banda Xevy 50
A partir das 19h – Entrada franca
Taliesyn Rock Bar

05.04 (sábado)
FEIRINHA DE VINIL
Das 9h às 15h – Entrada franca
Taliesyn Rock Bar

Show: Les corvettes
A partir das 15h – Entrada franca
Taliesyn Rock Bar

08/04 (terça-feira)
TAC 7:30
Show com Jards Macalé (RJ) e Os Skrotes + Edu K
A partir das 19h30 – $10
TAC – Teatro Álvaro de Carvalho

09/04 (quarta-feira)
PORÃO NOISE
Show com Os Cafonas e O lendário Chucrobilly Man (PR)
A partir das 20h – $10
Taliesyn Rock Bar

ERUPÇÃO PROG
Show com a banda Focus (HOL)
Abertura com a banda Imagery (PR)
A partir das 23h – $40 Ant.
John Bull Floripa

10/04 (quinta-feira)
TRIO DE DUOS
Show com Encruza, Baga Pirata, e Projeto Kaos
A partir das 20h – Entrada franca
Escola de música Rafael Bastos

11/04 (sexta-feira)
PIOR NOITE
Show com Leptospirose (SP), Os Pedrero (ES), Homem-lixo, Eutha, e Insúbito
A partir das 23h – $10
Célula Showcase

12/04 (sábado)
APOTENOISE
Show com El Mató a Un Policía Motorizado (ARG), Cassim e Barbária, AMP (PE), Somaa, Babba
A partir das 23h – $20
Célula Showcase

ENDEREÇOS:
CÉLULA SHOW CASE – Rodovia João Paulo, 75 – João Paulo
ESCOLA DE MÚSICA RAFAEL BASTOS – Rua Dom Jaime Câmara, 202 – Centro
JOHN BULL PUB – Avenida das Rendeiras, 1.045 – Lagoa
TALIESYN ROCK BAR – Rua Victor Meirelles, 112 – Centro
TEATRO ÁLVARO DE CARVALHO – Rua Marechal Gui

Mukeka di Rato no aniversário da Velvet Discos em Rio do Sul

1782176_734578539899475_1162486922_n

 

Neste sábado, 8 de fevereiro, a partir das 16 horas no Gaia Tattoo e Mamult Miniramp em Rio do Sul, a Velvet Discos comemora 1 ano com uma bela fextênha punkzera.

Mukeka di Rato chega ao estado para mais uma apresentação e no menu ainda teremos Homem Lixo, Apicultores Clandestinos e THCore.

Ingressos limitados!

Para quem não sabe, a Velvet Discos, chefiada pelo Frank, que é baixista da Homem Lixo, é uma das poucas lojas de discos em vinil de Santa Catarina que trabalha com catálogo de discos novos. Há também uma grande variedade de discos de vinil usados, só coisa fina e de qualidade. O preço dos discos usados, praticados pela Velvet são muito honestos e sob encomenda, você pode adquirir os discos novos prensados pela Polysom e também discos importados. Outro diferencial da Velvet Discos é a quantidade de vitrolinhas old school que o Frank consegue. Algumas em estado de novo, outros precisando de uma guaribada e também, preços mais do que justos.

Parabéns ao Frank e toda a raça de Rio do Sul que anda curtindo o vinil. Ouvir esses discos não é mais apenas uma moda, é um estilo de vida para quem aprecia bons álbuns e Rio do Sul, no Alto Vale de Santa Catarina, está na ponta.

 

Válvula Rock faz evento beneficente neste domingo em Itajaí

1469858_252867538205577_1091336764_n

 

Neste domingo, 15, a partir das 16h00, o pessoal do Válvula Rock está promovento o Festival Válvula Rock 2013. Será uma tarde/noite com rock and roll e blues, com bandas legais como Tarrafa Elétrica, The Headcutters, Ou3tórya, Somaa, Rock Thieves e Vinte Vinténs. Os shows acontecem no Greenwich Pub, na Avenida Beira Rio, em Itajaí.

Entrada: UM BRINQUEDO

Não precisa ser muito adivinho para saber que esses brinquedos serão distribuídos para crianças carentes neste Natal. Participe.

 

Joinville Rock City: acompanhe a programação rock na maior cidade do estado

O final de semana será rock and roll em Joinville, a famosa Manchester brasileira, a maior cidade do estado. A semana já começou quente, quando ontem, o Rubens Herbst, da coluna Orelhada do Jornal A Notícia, fez mais uma bela edição de sua Noite Orelhada com a volta da banda Old Machine. Confira o final de semana rock and roll em Joinville.

 

Festival Santa Catarina é Show

A primeira edição do Festival Santa Catarina é Show acontece no próximo fim de semana, no Mercado Público de Joinville. As apresentações acontecem em dois palcos e a entrada é gratuita. Na sexta-feira (13), oito bandas estão escaladas, entre elas, Miopia, Somaa, Homem Banda e Sua Mina, Relespública e Nasi. No sábado (14), é a vez do Fairans, Vlad V, Iriê, Tony Araújo, Sylverdale, Fevereiro da Silva, Skrotes e outras quinze bandas. Mais informações: 47 3445-0055.

Tarde de música, vinho e chope

Uhul_-_Credito(Felipe Scharf) (2) (1)

Após o lançar o terceiro disco “Amor, cerveja e amigos”, na primeira quinzena de novembro, o Uhul está divulgando o álbum e convidou o Fevereiro da Silva para uma tarde de música, gastronomia, vinho e chope na Adega Top Wine. O show acontece sábado (14), a partir das 15 horas. O ingresso custa R$ 10,00.

Último show de hardcore do ano

Open Wards for Hero_-_Credito(Diego Nens)

 

O último show de hardcore do ano acontece sábado (14), no Funil Bier. O bar volta a abrir espaço para o gênero e as bandas escaladas são o Horace Green (São Paulo/SP), Open Wards for Hero (Joinville/SC), A Outra Ordem (Jaraguá do Sul/SC), Trust in Few (Corupá/SC), Selva (Mafra/SC) e Taunting Glaciers (Blumenau/SC). A primeira apresentação ocorre às 15 horas. O ingresso antecipado custa R$ 5,00 e está à venda na Brixton Hip Hop Haro, Estúdio Mario Lima, Corpo Fechado Tattoo Shop, Imigrant Skates e Epístola Roupas. Na hora, o valor aumenta para R$ 7,00. O Funil Bier fica na rua Dona Francisca, 2057, Saguaçu. Mais informações: 47 9679-8859.

Aerocirco volta aos palcos comemorando 10 anos de lançamento do primeiro disco

 

O sábado, 09, será especial na Célula Cultural em Florianópolis. É a banda Aerocirco, que volta para um show apenas, comemorando os 10 anos de lançamento do seu primeiro disco, Aerocirco. A apresentação inicia a partir das 23h00 com ingressos antecipados a R$ 20 Dilmas e na hora R$ 30 Dilmas.

Conversamos com o guitarrista Mauricio Peixoto, que entrou na banda em 2007 e disse que o show é único. Mauricio conta que a banda acabou ainda em São Paulo, três anos atrás, quando os integrantes tentavam a carreira no eixão. Segundo ele, alguns integrantes resolveram voltar para Florianópolis e aí todos seguiram caminhos diferentes.  ”A volta é só para este show mesmo. Hoje o Della mora em Belo Horizonte, o Henrique em Laguna, só eu e o Rafa em Floripa, seria muito difícil manter uma banda deste modo”, explica.