Category: Mundo47 recomenda

RIO DO SUL ROCK CITY: banda Fronte lança trabalho de estreia

fronte

Sou de lá e Rio do Sul é sinônimo de orgulho. Há alguns anos já que muita coisa boa saí de lá e acontece lá. FRONTE é a nova opção e o álbum de estreia, CONTRACULTURA, é definitivo. Punk Rock Hardcore na veia. A banda é formada por velhos novos conhecidos da cena local.  Anderson Méts (vocal & bass) Rafael Moda (guitar & backing vocals) Lucas Fronza (guitar) Daniel Fronza (drums). O disco foi lançado  há poucos dias nas plataformas virtuais. Segundo a banda, foram 10 meses de muito trabalho e dedicação, aliados à novas experiências. São 11 pauladas de puro hardcore que você poderá conferir nesse post. “Agradecemos imensamente o apoio recebido dos amigos e pessoas que vem acompanhando o nosso trabalho, assim como a Flat Hall Studio, do nosso produtor Rafael Rosseto e principalmente o selo Velvet DiscosRecords pela grande oportunidade”, diz a banda em sua página de Facebook.

Dia 18 de março a festa de lançamento será em Rio do Sul, no Gaya Tattoo com Leptospirose (SP), Homem Lixo (Rio do Sul) e Eutha (Floripa)

 

Marujo Cogumelo volta com novo álbum

Novo álbum da rapeize disponível no Youtube e Soundcloud

Novo álbum da rapeize disponível no Youtube e Soundcloud

Em 2010 quando eles apareceram na cena rock de SC com o excelente Jardim das Américas, a banda do Oeste Catarinense, Marujo Cogumelo impressionou pelas belas melodias e clipes maravilhosos. Não só de clipe e melodias a banda também fez apresentações eletrizantes por Santa Catarina e depois, um 7´´ em vinil em 2011 para depois repousarem numa hibernação que durou 5 anos. A banda manteve lá e cá as atividades, integrantes saíram eis que em 2015 prepararam um novo trabalho que agora, em janeiro de 2016, está disponível na web. O álbum batizado de “Hiato”, dá uma dimensão que o tempo passou, porém  a qualidade sonora da Marujo Cogumelo continua bela e empolgante.

Confira o novo álbum AQUI

 

FICHA TÉCNICA

Gravado, Mixado e Masterizado no Estúdio Click Audioworks em
Curitiba
Técnico de gravação: Diogo Shiroma e Paulo Bueno
Técnico em Pro Tools: Diogo Shiroma
Mixagem e Masterização: Paulo Bueno

Designer gráfico: Matheus Corseuil

Banda Marujo Cogumelo:
Kassio Canan – Voz
Lucas Martarello – Voz/Guitarra/Violão
Vinicius Lovatel – Voz/Teclados/Sintetizador
Lucas Dal Magro – Bateria/Percussão
Cristian Pelizza – Contrabaixo

Metais/Sopros:
Rogério Leitum – Trompete
Rodrigo Vicaria – Trombone
Aloisio de Pádua – Saxofone

Outros Instrumentos:
O Lendário Chucrobillyman – Banjo

Dr. Jorge e Mr. Seben: nova banda com velhos camaradas

Primeira música da banda já está na web. Vem mais por aí.

Primeira música da banda já está na web. Vem mais por aí.

E a rapeize de Florianópolis do rock está com uma banda nova na praça. Dr. Jorge e Mr. Seben, que reúne os parças Jorge Gomes (contrabaixo e voz) e André Seben (guitarra e voz) mais Alex Arroyo (guitarra), Adriano Barvik (bateria). Seben, velho conhecido deste espaço, saiu há um pouco mais de um ano dos Chefes e hoje toca também com a Farra do Bowie e Vagabond Hotel.

O trabalho de Dr e Mr é autoral, mas o primeiro lançamento disponível na web é  uma homenagem aos pioneiros do rock n’ roll de Florianópolis da banda XYZ. Recriamos a música de Julio Cesar Salum (Matuzo), que ao lado de Paulo Vaz (Paulinho Feetground), Tony Montana e Ricardo Salum fizeram história no início dos anos 1990, logo após a implosão da icônica Têmpera.
O som é aquele bom e velho rock and roll com aquela guitarreira típica do canhoto Seben. A melhor coisa é tacar um play no Soundcloud e curtir. Segundo André Seben, o trabalho de Dr. e Mr tem 10 músicas. Negócio é aguardar a sequência de boas canções.

Etílicos e Sedentos prepara tributo ao rock de Brusque – novo clipe

Etilicos e Sedentos com o produtor Márcio Pimenta.

Etilicos e Sedentos com o produtor Márcio Pimenta.

A Etílicos e Sedentos, de Brusque, estará lançando em novembro o álbum 88350-000 – Um Tributo ao Rock Brusquense. O álbum é formado por releituras de músicas de bandas e artistas da cidade de Brusque, em Santa Catarina, abrangendo diversas gerações musicais. Entre os artistas/bandas homenageados neste Tributo estão: Pulsação, Claviceps Purpúrea, Cabeça de  Mente, Afarte, Galáxia, Bandeira Federal, Ricardo Silva, Bêrsadi, Sub-Versos e Híbridos.

O nome do projeto faz referência ao CEP geral do município (88350) e veio de uma inspiração/homenagem a uma K7 demo lançada em 1988 de maneira conjunta por 2 bandas punks da cidade, a Shit e a Dabesta.  Os Etílicos e Sedentos é uma banda que faz e acontece na terra da Havan. Formada por  Cleber de Limas (vocal); Lucas Rhuan Fischer (Guitarra); Juninho Tavares (bateria) e André Gomes (baixo), a banda já lançou bons álbuns na cena roqueira de Santa Catarina.

Antes do álbum ir pra praça, a banda lançou nesta semana o clipe de uma das canções do álbum. A excelente versão para “Elevada Visão”, é uma música de  Widmann Muller e Marcelo Fischer (Banda Cabeça de Mente e Banda Pulsação)


Baixe esta música e outras da Etílicos e Sedentos em http://soundcloud.com/etilicosesedentos

NDE: Ontem erramos. Colocamos uma foto antiga da banda Etílicos e Sedentos. Peço desculpas aos integrantes atuais da banda. Já um figura, que não faz parte mais da banda, tratou de me mandar um e-mail para me esculhambar. Educação mandou lembrança amigo.

 

Ruca Souza e o clipe de Fora

Ruca: Mais de 10 mil views no Facebook.

Ruca: Mais de 10 mil views no Facebook.

 

Eu já reclamei algumas vezes. Faltam garotas no rock and roll local. Mas a salvação sempre veio lá de Itajaí. “Tem a Ruca”. Sim, tem a Ruca, a jornalista e cantora que lançou recentemente o excelente álbum Marte. O clipe lançado agora é de “Fora”, mais uma canção do disco. Psicodélico e lisérgico e com a participação de outro figura das ondas espaciais, Cainã Moreira, da Helvéticos.

“Fora” traz a perspectiva da vida que acontece externa a nós, ao mesmo tempo em que o nosso mundo só se move a partir de dentro. “A inspiração para essa música vem de estudos sobre projeção astral e espiritualidade. Apesar da música ser um tanto agressiva porque é um rock cru, a ideia é mostrar que só através do próprio esforço interno é que cada um faz sua evolução.Somo herdeiros de nós mesmos”, diz Ruca.

O clipe foi gravado em Balneário Camboriú/SC nos estúdios da iPhoto Editora, com direção e captação de imagens de Jones Herter (Nomade Filmes). A edição e motion grafics que criaram toda a psicodelia no clipe ficaram a cargo de Juan Manoel Palomino Dominguez, do NNE Studio.

Julia Sicone é uma boa novidade na música de SC

Com 16 anos, música de gente grande e ela é daqui: Julia Sicone é a boa novidade do ano.

Com 16 anos, música de gente grande e ela é daqui: Julia Sicone é a boa novidade do ano.

Sempre tive um pé atrás com prodígios, mas não podemos jogar todos na mesma lata azeda. O mundo mostrou sempre que alguns prodígios prosperaram e viraram artistas de grandeza extrema. No Brasil, o efeito Mallu Magalhães foi um fato, mesmo não demonstrando qualidade, mas novinha, ela cantava Jonhny Cash, isso levou os indies a loucura. Vamos falar de novidade. Julia Sicone é estudante. Está no colégio ainda, mas quando caiu na mão de gente profissional e com boas intenções, conseguiu passar para o áudio, tudo aquilo que havia composto e tocado. O seu primeiro EP “Something Unreal”, caiu como uma agradável novidade para 2015 e para nós, que escrevemos sobre música, pensamos: tem futuro.

 

Julia Sicone é de Florianópolis. A ilha da magia hoje é um amplo celeiro musical e muita coisa do que aconteceu no final dos anos 1990 e anos 2000, floreceu em boas produções, profissionais e estúdios. O trabalho da Julia Sicone caiu nas boas mãos do Estúdio Urbano com a produção de Cisso Fernando. As músicas chamam a atenção pelo timbre da voz e as boas composições, fortes referências de cantoras como Lorde e Selah Sue. Com o lançamento do EP na web, o trabalho da Julia já conta com um clipe lançado pelo Urbano TV, um canal de música do estúdio Urbano com a excelente performance ao vivo de Trust Me. Enquanto aguarda os CD’s, a cantora prepara o seu show e já agenda algumas apresentações pelo estado.

 

Apicultores Clandestinos lançam disco em Rio do Sul

11667391_841383275938207_6961525379235563317_n

 

Rio do Sul Rock Rural Psicodelic Garage City. Ufa! Já não faltam mais adjetivos para definir o que acontece em Rio do Sul, no Alto Vale catarinense. Os Apicultores Clandestinos estão entre as boas bandas originadas lá no Alto Vale. O novo álbum  ”Astronauta do Campo”, é um  Ouié Tohosound por Martin Misenta, Paulo Costa Franco e Jeronimo Gonzalez – Florianópolis SC  de outubro a novembro de  2014. Masterizado no Golden Mastering por April Golden – Ventura CA USA – março 2015. A arte por Koostella, musicas por Apicultores e parceria com, Betonera 120L, Apicultor Fritz e Apicultor Ramyres. Introdução da faixa “Polka do Sergey” é cover da musica “Introducing Chuck Violence” de Chuck Violence & His Oneman Band.

Outra novidade é que o disco foi lançado pelo novo selo, Velvet Records, de Rio do Sul, sob a tutela da Velvet Discos. Astronauta do Campo é vendido na própria loja da Velvet em Rio do Sul, pela internet no Mercado Livre e em breve no catálogo da Läjä Records.

12165_668981953178341_3587892333103159537_n

SHOW DE LANÇAMENTO EM RIO DO SUL

Nesta sexta-feira, às 20h30 na Fundação Cultural de Rio do Sul, a R$ 5 Dilmas o ingresso, a banda fará o show de lançamento do novo álbum. Rio do Sul tem uma efervescente cena de música independente autoral. O rock tem as bençãos do poder público municipal e cada vez mais eventos com bandas de rock surgem na cidade. Vale a pena conferir as programações, tanto da Fundação Cultural, como os eventos rock independentes no município.

Escute o novo álbum dos Apicultores Clandestinos AQUI e AQUI

 

 

 

Paul McCartney retorna para mais uma turnê brasileira

 

paul-mccartney800

Ele ficou 17 anos sem aparecer por aqui, mas desde 2010, Sir Paul McCartney, o eterno beatle, retorna ao país para um giro pelas capitais nacionais.

Depois de shows em cidades antes não imagináveis para uma parada de um rock star de seu porte, como Florianópolis, Goiânia, Fortaleza, sir Paul estará abrindo sua turnê brasileira em “Cariacica”, município da grande Vitória, no Espirito Santo. O show acontecerá no dia 10 de novembro no estádio da cidade. Confirmado hoje, o show do dia 12, no HSBC Arena, no Rio de Janeiro. Depois uma pausa e 10 dias depois, no dia 23 de novembro, no estádio Mané Garrincha, é a vez de Brasília. A turnê vai encerrar nos dias 25 e 26 no estádio Allianz Parque, estádio do Palmeiras, em São Paulo.

A primeira turnê de Paul McCartney no Brasil quebrou todos os recordes de bilheteria da época e entrou para o Guinness – Livro dos Recordes como a maior audiência de um concerto em estádio. Mais de 184 mil pessoas compareceram ao show no Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro, em 1990.

Paul McCartney já se apresentou no Brasil 15 vezes, desde os anos 90. Essa será a primeira visita do artista a Vitória e Brasília. Em São Paulo, onde se apresentou em 2010, o show acontece no recém-inaugurado Allianz Parque.

Imperdível!

Os ingressos já estão à venda no site da Tudus.

 

Para relembrar, vamos com vídeos que fiz da passagem de Paul McCartney por Florianópolis, em 2012.

Segundo episódio do Enraizando celebra o rock and roll

 

E a rapeize do Estúdio Rizoma Design de Joinville bolou uma ideia bacana e bem didática para falar uma série de assuntos. Segundo a turma, o objetivo é informar, ensinar, explicar e também conscientizar as pessoas sobre diversos temas da atualidade. O primeiro episódio fala sobre Copa do Mundo, num apanhado rápido de três minutos sobre a paixão mundial pela Copa. No segundo episódio, a turma do estúdio celebrou o rock and roll.  A ideia é bacana, com vários gráficos e uma narração inteligente, a ideia é ser bem didático e o mais criativo possível.

Todo o conteúdo produzido será disponibilizado de forma gratuita através da internet, por meio das redes sociais e canal no YouTube.

Marzio Lenzi lança segundo álbum solo de blues

1469957_672061572839128_1428513558_n

Marzio Lenzi apresenta trabalho gravado em casa

 

Marzio Lenzi é um dos mais espetaculares guitarristas do Brasil. Não é presunção não, se nos anos 1960 Eric Clapton causou furor nas ruas de Londres para que pixações o proclamassem “Clapton is God”, acho que já passamos do tempo em pixar um muro com “Marzio is Son of God”. O cara sempre arrebentou, tanto nos inúmeros álbuns rock and roll gravados com seus irmãos e parças, do Lenzi Brothers como já em seu primeiro trabalho solo, Marzio Lenzi and The Raze Blues.

O novo álbum, Second Blues, lançado na web na última quarta-feira, 07, é o retrato do guitarrista em querer dar continuidade ao seu projeto de blues e tudo isso aconteceu quando Marzio montou um home estúdio em Lages-SC, onde reside. Marzio fez durante dois anos várias demos num processo de aprendizagem, demos, tocando todos os instrumentos e quando a coisa começou a soar bem, pensou em gravar um disco sozinho. “Acabei fazendo esse trabalho gravando com a ajuda de um primo, que também tem home studio, Steffan Duarte”, disse para o Mundo47. O Second Blues foi gravado inteiramente pelo guitarrista, que tocou todos os instrumentos, mixou e masterizou. “Em Lages está rolando uma boa cena de blue. Todo mês vem artistas fazer shows, a maioria eu participei dos shows e aproveitei para gravar as participações dos caras”, explicou.

O álbum Second Blues tem as participações especiais de Décio Caetano (guitarra), Joe Marhofer (gaita), Ricardo Maca (guitarra) Andrey Garcia (piano e órgão) Gonzalo Araya (gaita) e Greg Wilson (voz). Ao todo, o novo trabalho tem 07 faixas autorais, 03 releituras de clássicos do blues, sendo uma de Décio Caetano.  A princípio Marzio revela que o disco não terá alguma tour de lançamento, mas sim shows esporádicos que provavelmente serão marcados. “Achei melhor primeiro divulgar o disco e depois sair marcando shows, é mais fácil… a expectativa otimista é uma tour, a realista são os esporádicos”, declara.

 

 

10294332_755794867799131_8477686483731613058_n

 

 

Mundo47:  Como vc avalia o cenário do blues no Brasil hj? o que tu destaca para a rapeize?
Marzio Lenzi:  Bem, a cena do blues no Brasil cresceu novamente de 2010 pra frente, estava morna desde o inicio do século e hoje tem muitos artistas bons, e muitos festivais pelo brasil, assim como publico. Diferente do rock independente, que já foi legal, e hoje em dia para tocar e tirar uma grana tá feio…hoje rock independente só depende de verba publica e isso é ridículo!  Mas essa questão de mercado não me influenciou pra fazer esse disco, fiz por que curto blues desde os 16… e sempre acho que deveria fazer mais com e pelo blues… sobre o Lenzi Brothers, selecionamos 10 musicas de 30 demos essa semana e pretendemos começar a gravar o próximo…
Mundo47: Você tem um reconhecimento por parte de publicações como a Guitar Player e várias pessoas, como alguns jornalistas que te consideram um dos melhores guitarristas do Brasil. Tu nunca pensou em investir numa carreira musical no eixão?
Marzio Lenzi: Bem, pensar o cara pensa umas seis vezes por dia, mas mas sempre a possibilidade de ter uma vida paralela, de gente normal, ganhando um salario fixo para se ter segurança financeira, me pareceu sempre mais sensato para as minhas expectativas. Acho que no meu caso pode ser que um reconhecimento maior demore mais, mas chega, espero…

Rio do Sul recebe Cachorro Grande no feriado de Páscoa

 

Free concert: neste sábado, 21h, tem rock em RiodoSul

Free concert: neste sábado, 21h, tem rock em RiodoSul

Será de graça, será ao ar livre, será rock and roll o próximo sábado em Rio do Sul, a cidade do rock em Santa Catarina. Os gaúchos da Cachorro Grande serão a grande atração em mais um dias do imenso calendário cultural do aniversário de 83 anos de Rio do Sul, comemorados no último dia 15 de abril. A Fundação Cultural de Rio do Sul, de dois anos para cá, consegue ser uma das fundações mais atuantes do estado, sempre valorizando a produção cultural local, mas também possibilitando a vinda de outros artistas para um imenso intercâmbio com a cidade.

Rick Ferreira: o homem era unha e carne com Raulzito

No sábado o rock acontecerá ao ar livre, de graça, a partir das 15 horas no Parque Harry Hobus com a Liss. Após, às 17h é a vez dos Costeletas. O rock segue fumegando com show Tributo a Raul Seixas, com a presença de Rick Ferreira, guitarrista que participou de toda a discografia de Raulzito a partir de 1974, no álbum Gita. Ferreira também gravou e tocou com outros artistas, como Erasmo Carlos, Guilherme Arantes, Zé Ramalho, Belchior e Barão Vermelho. A Cachorro Grande será a última atração da noite, a partir das 21 horas, no mesmo palco do Parque Harry Hobus, é a certeza de muito som e pulinhos “Porto Alegre”…

Irmãos Panarotto em dose dupla na capital catarinense

1972430_10201543539302241_1800780670_n

 

Além da programação do Floripa Noise Festival, Florianópolis também terá uma overdose de róque no SESC Prainha, no centro da capital catarinense com os Irmãos Panarotto. Depois do recém lançado disco Chamando Chuva, é a primeira vez que os Irmãos Panarotto se apresentam na capital do estado.Irmãos Panarotto é um trabalho solo em dupla de dois integrantes da banda Repolho. Como diz os rapaze, o show é composto por músicas dos dois discos do projeto dos brous, entre outras bobagens que sempre sai na hora. Os shows acontecerão nesta sexta (04) e sábado (05) com a participação de Akira Fukai (banda John Filme) e Daniel Posta (banda Adam e Juliette)

 

Quer ouvir as músicas?

Ouça aqui: http://ir-panarotto.bandcamp.com/ (e pode baixar também) por sua conta e risco.

No show elas são sempre executadas de maneira completamente diferente.


 

 

Sua vida vai ser outra depois do Floripa Noise 2014

 

noise-cartaz

 

 

Com programação definida o Floripa Noise Festival começa no final de março e vai até 12 de abril com VÁRIAS atrações bacanas a preços justos e alguns até na faixa. Mostra de cinema, feira de vinil, múmias a granel e a presença de mestres da música catarinense, brasileira e até mundial. Destaque para shows da banda de prog, Focus (Holanda) e do maravilhoso Jards Macalé.  Confira a programação e se acerte para passar dias maravilhosos na companhia de Guilherme Zimmer e companhia na capital dos catarinenses manezinhos.

 

 

29.03 (sábado)
Shows com
Nervochaos (SP)
Into Darkness (ALE)
Khrophus
War-Head (CRO)
A partir das 23h – $20
Célula Showcase

01.04 (terça-feira)
CINEMA DE BOTECO
FILMES:
A História de Lia (Rubens Melo, 2010, 13 min)
Erivaldo, O Astronauta Místico(Gurcius Gewdner, 2013, 6 min)
O Segredo da Múmia (1982, Ivan Cardoso, 82 min)
Linguinha The Killer (Mauricio Ribeiro Júnior, 2012, 29 min)
Cabra Bode ( Milton Santos, 1968, 40 min)

A partir das 19h – Entrada franca
Taliesyn Rock Bar

02.04 (quarta-feira)
CINEMA DE BOTECO
FILMES:
Amor & Tara (Ivan Cardoso, 1971, 3 min)
O Bacanal do Diabo e Outras Fitas Proibidas de Ivan Cardoso (2013, 60 min)
WAR (Gurcius Gewdner, 2012, 6 min)
Filmes são seus Amigos (Gurcius Gewdner, 2013, 2 min)
Filme Politico Numero 1 (Petter Baiestorf, 2013, 1 min)
Zombio 2: Chimarrão Zombies (Petter Baiestorf, 2013, 83min)

A partir das 19h – Entrada franca
Taliesyn Rock Bar

03.04 (quinta-feira)
CINEMA DE BOTECO
FILMES:
Mukeka di Rato _ Pedra (Fernando Rick, 2012, 3 min)
Os Pedrero _ Pressa de te Amar (Gurcius Gewdner, 2013)
Almoço na Relva (Gurcius Gewdner, 2013)
O Tiroteio do Esqueleto sem Cabeça (Christian Caselli, 2003)
Mamilos em Chamas (Gurcius Gewdner, 2008, 60 min)
Os Bons Tempos Voltaram: Vamos gozar outra vez (Ivan Cardoso & John Herbert, 1986, 80 min)

A partir das 19h – Entrada franca
Taliesyn Rock Bar

04.04 (sexta-feira)
CINEMA DE BOTECO
FILMES:
Perdigotos da Discórdia (Christian Caselli, Fabiano Soares, Gurcius Gewdner, Petter Baiestorf, 2012)
Os Curtas Melequentos de Luciano Irthumm (Luciano Irthumm, 1998/2013, 20 min)
Fragmentos de uma Vida (Petter Baiestorf, 2004)
O Panorama da Carne (Scoria Filmes, 2013, 20 min)
Loreno Contra o Espantalho Assassino (Mantenópolis/ES, Manoel Loreno, 1989)

Show de encerramento com a banda Xevy 50
A partir das 19h – Entrada franca
Taliesyn Rock Bar

05.04 (sábado)
FEIRINHA DE VINIL
Das 9h às 15h – Entrada franca
Taliesyn Rock Bar

Show: Les corvettes
A partir das 15h – Entrada franca
Taliesyn Rock Bar

08/04 (terça-feira)
TAC 7:30
Show com Jards Macalé (RJ) e Os Skrotes + Edu K
A partir das 19h30 – $10
TAC – Teatro Álvaro de Carvalho

09/04 (quarta-feira)
PORÃO NOISE
Show com Os Cafonas e O lendário Chucrobilly Man (PR)
A partir das 20h – $10
Taliesyn Rock Bar

ERUPÇÃO PROG
Show com a banda Focus (HOL)
Abertura com a banda Imagery (PR)
A partir das 23h – $40 Ant.
John Bull Floripa

10/04 (quinta-feira)
TRIO DE DUOS
Show com Encruza, Baga Pirata, e Projeto Kaos
A partir das 20h – Entrada franca
Escola de música Rafael Bastos

11/04 (sexta-feira)
PIOR NOITE
Show com Leptospirose (SP), Os Pedrero (ES), Homem-lixo, Eutha, e Insúbito
A partir das 23h – $10
Célula Showcase

12/04 (sábado)
APOTENOISE
Show com El Mató a Un Policía Motorizado (ARG), Cassim e Barbária, AMP (PE), Somaa, Babba
A partir das 23h – $20
Célula Showcase

ENDEREÇOS:
CÉLULA SHOW CASE – Rodovia João Paulo, 75 – João Paulo
ESCOLA DE MÚSICA RAFAEL BASTOS – Rua Dom Jaime Câmara, 202 – Centro
JOHN BULL PUB – Avenida das Rendeiras, 1.045 – Lagoa
TALIESYN ROCK BAR – Rua Victor Meirelles, 112 – Centro
TEATRO ÁLVARO DE CARVALHO – Rua Marechal Gui

Slimkings: nova aposta de #RiodoSulRockCity

1517620_633130506754442_996132198_n

 

E no finalzinho de dezembro surge para o grande público a Slimkings. Banda de Rio do Sul Rock City, a cidade onde o rock cresce a cada dia. A banda faz um som inde pop, forrado de influências tanto gringas quanto de bandas independentes brasileiras. Formada por Ricardo Silva, guitarra e vocais, Aline Ramos, guitarra e backing, Leonardo Minatti, baixo e backing e com a presença do veterano ex-Liss, Marcelo Petters, na bateria, a banda é uma boa aposta para este ano de 2014. No Soundcloud da banda a primeira canção disponibilizada pelo quarteto, “Eu, Você e um Sofá”. Que venham mais músicas e shows pelo circuitinho róque de SC. Esperamos.

 

Conheça os melhores lançamentos de Santa Catarina em 2013

941428_376326879153043_312824410_n

Ano vem, ano vai, Mundo47 faz sua lista dos melhores de cada ano. Teve ano que tivemos participações especiais. Teve ano que a lista me pareceu injusta, teve ano que fizemos listão, enfim, ano após ano, damos a nossa contribuição para a valorização da música catarinense que é feita com muita qualidade, mas quase nunca reconhecida pela grande mídia, principalmente radiofônica e televisa, que vira as costas para os nossos artistas e isso não tem jeito, eu não acredito mais. Mas há ilhas de reconhecimento e incentivo. No Grupo RBS, todos os jornalistas e colunistas dos seus jornais trabalham com essa ótica diferenciada. Nos jornais do Grupo RIC, a mesma coisa, os cadernos de variedades também dão sua importante contribuição. Nos dois grupos, as rádios e os canais de TV praticamente ignoram. Este ano tive a honra de ser convidado pelo jornalista Marcos Espíndola, do Diário Catarinense/Grupo RBS, para participar com a minha listinha dos 5 melhores lançamentos de SC em 2013. Vale tudo. Álbum, single, EP, clipe, enfim, o que teve melhor na música de SC neste ano.

Eu sempre acho que teve tanta coisa que é impossível numerar alguma de 1 a 5. Mas quando fiz a minha listinha para o DC, eu apostei na qualidade do trabalho e no que cada lançamento representa para o movimento roqueiro em SC. Aqui vamos listar 10 lançamentos do ano, os 5 do Diário Catarinense e mais 5 trabalhos que achamos que são os melhores do ano. Mesmo assim, vamos eleger também o melhor clipe, o melhor show e vamos dar uma pincelada na cena nacional e internacional. Confira nossa “lextênha” 2013

 

MELHORES LANÇAMENTOS CATARINENSES 2013

1 – LES SAVONS SUPERFINS – Para Quem Quiser Ouvir (Florianópolis)

2 – THE HEADCUTTERS – Shake That Thing (Itajaí)

3 – LENZI BROTHERS – DVD 15 Anos Ao Vivo (Lages/BC)

4 – SIX SIX THE CLOW –  Inferno (Rio do Sul)

5 – HOMEM LIXO – Roadie ta Ruim (Rio do Sul)

6 – DELLA/PEIXOTO – Della/Peixoto (Floripa)

7 – BELLA INFANTA –  Apenas Cinco (Joinville)

8 – CLUBE LAS VEGAS – Clube Las Vegas (Joinville)

9 – SKROTES – Nussun Dorma (Floripa)

10 – STEREOTROIA – Stereotroia (Joinville)

 

MELHOR VIDEOCLIPE

1- ANTONIO ROSSA – PROFETATEU

Profetateu – Antonio Rossa & Rodrigo Daca (Videoclipe Oficial) from Transitoriamente on Vimeo.

2 – MARUJO COGUMELO – Sangue Blue

3 – YELLOW BOX – Up and Down

4 – ANTONIO ROSSA – ATMOSFERA

5 – SOMAA – Três

6 – HELVÉTICOS – Um dia você vai saber

7. BONDE VERTIGEM – Por Aí

 

 

REVELAÇÃO 2013

REC ON MUTE  (Jaraguá do Sul)

LACTOBACILOS MORTOS (Rio do Sul)

SYNTZ (Balneário Camboriú)

 

MENÇÃO HONROSA

RODRIGO DACA – Cecília

JEAN MAFRA+FELIPE MELO – Micro Alegria

 

 MELHOR SHOW

Lenzi Brothers e Greg Wilson (em Brusque)

 

 

 

Syntz: nova aposta do heavy metal catarinense lança música na web

1459187_442221762556478_1615876359_n

Marco, Wander, Osvaldo e Jay apresentam novas músicas dia 21 em Balneário

 

Engana-se quem pensa que o litoral catarinense é berço de bandas de reggae, sons de praia e um tipo de axé sulista sob as ondas. Nada disso, o Heavy Metal já foi rei em muitas oportunidades e o estilo sempre permaneceu vivo com bandas  autorais de excelente qualidade e padrão internacional.  Você, que gosta de heavy metal,  já deve ter ouvido nomes como Steel Warrior, Stormental, Battalion, Perpetual Dreams, Rhestus e de Balneário Camboriú, tínhamos a Syndrome.

Em setembro de 2012 a Syntz foi formada em Balneário. A proposta dos camaradas, era compor músicas pesadas e energéticas. No cast de músicos, dois ex-integrantes da Syndrome. O guitarrista Marco Aurélio Girardi e o baixista Osvaldo Dauve. Para as baquetas, Wander Verch foi chamado, ex-baterista da Dracma. Como toda banda de Heavy Metal, o vocal é um fator importante e no começo, o espaço foi ocupado primeiramente por Alexandre Ripper, que por motivos pessoais, deixou a banda logo no começo.  Jay Heart foi escolhido para assumir os vocais da Syntz, ele que atuou em bandas como Still Life e Selvagens da Monareta.

A Syntz entrou em estúdio neste ano. No mês de outubro, a banda de Balneário Camboriú foi até o The Magic Place, sob a tutela do mágico das gravações, Renato Pimentel, para gravar suas músicas, que partem sempre do heavy metal clássico, mas com boas pitadas de trash e hard, complementando tudo com um vocal diferenciado, porém dentro dos padrões, de Jay, que deixam as músicas com ainda mais pegada. Nesta tarde conversamos com Marco Aurélio Girardi, guitarrista, ex-Syndrome e que comenta um pouco desse projeto com a Syntz. Para ele, a volta é emocionante, porque compor sempre foi muito importante para Marco. “Eu aprendi a tocar compondo, não tocando covers, ou seja, eu fiz o caminho inverso e a Syntz é uma realização, pois eu já tinha desistido de ter uma banda, mas estou bem feliz com o resultado”, explica o guitarrista. Segundo ele, a banda será levada a sério, como em tudo que faz, mas é um projeto com menso pressão que os tempos seus na Syndrome. “Estamos cientes das dificuldades de ter uma banda, estamos levando a sério, mas sem perder a diversão”, garante Marco.

 Single foi disponibilizado no Youtube

 

De maneira desprentenciosa  e sem muito alarde, a primeira música foi disponibilizada hoje, 11/12/13 (ficou legal o trocadilho de datas não é?) no YouTube. A canção Louder and Harder está disponível para audição na web. Segundo a banda, em breve mais músicas serão liberadas e um EP deverá ser lançado com essas músicas. No próximo dia 21 de dezembro, a Syntz fará sua grande estreia numa das festas do heavy metal mais tradicionais do estado. O Natal Metálico, organizado há 14 anos pelo casal Klaus e Fabi Loos, traz a estreia da Syntz nos palcos catarinenses com seu novo repertório. Além da Syntz, o Natal Metálico terá as bandas Perpetual Dreams e Battalion, que também estarão lançando material (mais informações durante a próxima semana)

 

 

Ronnie Von: documentário finalmente coroa o rei do rock brasileiro

13228167

 

Durante décadas ele foi taxado como o príncipe. O plano B do pop, já que  a mídia havia eleito Roberto Carlos como o grande Rei. De fato, RC era mais popular, mas a inocência do rock da Jovem Guarda não era para aquele cantor “plano b”. Ronnie Von não tinha nada a perder e entre 1968 e 1970, gravou três álbuns de muita vanguarda, muita conexão do que estava acontecendo no mundo, de muita personalidade. O seu público, formado sempre por aquelas menininhas colegiais apaixonadas pela beleza do seu ídolo, do que pela sua arte, não entendeu que Ronnie estava virando a sua chave e os álbuns, inclusive, foram ignorados pela mídia especializada. Desiludido, Ronnie voltou a ser o galã, aquele cara romântico, sonho de qualquer garota jovem da época. Ronnie precisava tocar a vida e virou aquele cara que a sua mãe se derretia nos programas de final de semana de tarde.

Do meu lado, nunca houve uma admiração por Ronnie. A versão de “Girl” dos Beatles e A Praça, era tudo que eu conhecia. Até que um dia chegou em minhas mãos, dois CDRs com músicas de uns tais discos psicodélicos do principe. Paralelo a isso, lá pelo começo dos anos 2000, o jornalista Fernando Rosa, o Senhor F, havia publicado artigos sobre a “história secreta do rock brasileiro”, foi o estopim para que a juventude venerasse a chamada fase psicodélica de Ronnie Von, com três discos extraordinários e revolucionários, que infelizmente, ficaram a ver navios na época.

12_28_29_596_file

A coroação acontece em pleno 2013, com os relançamentos dos bolachões gravados pelo artista nos anos 1960. O chamado para esta matéria é mais além. O teaser do documentário, “Quando éramos príncipes”, divulgado há dois dias, deixou eu e muita gente arrepiado, emocionado, com o próprio Ronnie e a banda Os Haxixins, tocando o clássico “A Máquina Voadora”, de 1970, ao vivo, exclusivo para o documentário do jornalista Ricardo Alexandre e pelo cineasta Caco Souza. O teaser ainda impressiona com depoimentos de Rita Lee, Manoel Barenbein e Arnaldo Saccomani, que produziu os famosos discos de Ronnie.

O documentário promete ainda contar a tentativa do “príncipe” de estabelecer no Brasil, um tipo de música pop mais experimental, sofisticada, como se fazia fora do país. O doc conta com farto material de arquivo e as músicas serão executadas com arranjos com a fidelidade as gravações originais. O mais emocionante mesmo é ver um Ronnie Von, que é durante a semana “Todo Seu”, na TV Gazeta, cantando empolgadamente aquelas músicas que lá atrás, foram ignoradas pelas pessoas daquele tão passado presente.

Documentário passa a partir desta segunda-feira no BIS

“Ronnie Von: Quando éramos príncipes” estreia na faixa BIS Docs do Canal BIS (antigo Multishow HD) na segunda-feira 02 de dezembro, às 19h30, com reprises na segunda-feira 02/12 às 04h, terça-feira 03/12 às 08h30, quinta-feira 05/12 às 09h, sábado 07/12 às 19h30, sábado 07/12 às 03h30 e segunda 09/12 às 15h30.  O filme é uma produção da Tudo Certo Conteúdo Editorial em parceria com a Vira-lata Filmes e o canal BIS.

Plastique: banda de brasileiros participa de evento da Marshall em Londres

plastique

Meses atrás Mundo47 noticiou que a Plastique, banda britânica com brasileiros na sua formação (o mineiro Fabio Couto e a catarinense Anelise Kunz) e o britânico Gabriel Ralls, estava participando de um evento dos amplificadores Marshall – Marshall Ultimate Band Contest. Na votação pela internet, centenas de bandas tentavam ganhar a confiança de seu público para participar de um evento da empresa que escolheria uma banda para participar do Download Festival 2014, no Reino Unido.

Pois bem. Depois de uma bela campanha e a ajuda dos amigos e dos fãs, a Plastique foi selecionada para a grande final com mais quatro bandas. O evento acontecerá no próximo dia 23 de novembro em Londres, onde os brasileiros e as outras finalistas, terão meia hora para mostrar serviço.

marshall ultimate band contest

Desde meados de outubro a Plastique está contudo no lançamento de seu segundo álbum, o #SocialScar. Superior ao primeiro álbum, o disco já tem uma série de reviews no Reino Unido e já pode ser adquirido no site oficial do álbum, além de ser ouvido em streaming pelos internautas.

Então sábado vamos ficar na torcida pelo êxito da Plastique no Marshall Ultimate Band Contest

Get it from your favourite store:
iTunes: https://t.co/vqbIUWDPbt
Amazon: http://www.amazon.co.uk/SocialScar-Explicit-Plastique/dp/B00F0CPN1Y/
Bandcamp: http://plastique.bandcamp.com/album/socialscar
Spotify:http://open.spotify.com/album/5oPFDCe4dgXYQ6x0kzzyw9
Deezer: http://www.deezer.com/en/album/6913690

Heavy Lero é aposta de ex-vjs da MTV no Youtube

heavy lero

 

O fim da MTV Brasil foi manchete não somente na imprensa, mas também gerou comentários diversos nas redes sociais. Personagens da história da MTV, os ex-vjs da emissora voltaram novamente a estarem em evidência. O melhor ainda é saber que alguns ex-vjs da MTV estão tocando sua vida pensando na música e principalmente no que há de melhor dela.

Gastão Moreira e Edgard Piccoli, que participaram da fundação da falecida MTV, se juntam ao jornalista Bento Araújo e lançam um novo programa na web. O Heavy Lero estreia na próxima terça-feira, dia 8 de outubro, às 20 horas. O programa semanal de 10 minutos será transmitido via canal do YouTube. Será uma conversa informal de três caras sobre música, mais precisamente o rock and roll. O programa é independente

O Heavy Lero ainda terá espaço para bandas nacionais. Os interessados poderão enviar material para a Caixa Postal 72355 – CEP.: 01427-970  - São Paulo/SP

Acompanhe outras novidades na página oficial do Facebook: https://www.facebook.com/heavylero

Ganhe 01 DVD Lenzi Brothers 15 Anos – AO VIVO

 

MUNDO47!

Ganhe um DVD Lenzi Brothers 15 Anos – AO VIVO! É muito simples! Clique em nossa fanpage, curta a página e compartilhe a foto. Se você já curte esta fanpage, só clicar no link e participar! Dia 17 de setembro vamos sortear o DVD dos irmãos Lenzi, gravado em 2012 e lançado no mês passado!

CURTA A FANPAGE MUNDO47

PARTICIPE DA PROMOÇÃO

 

Veja um pouco do que você poderá ter em casa!