Category: Dicas

Válvula Rock traz Macaco Bong a Balneário Camboriú

macaco-bong

Dia 06 de agosto acontecerá no Santa República, em Balneário Camboriú, show da banda Macaco Bong, do Mato Grosso. A promoção é da Válvula Rock.  Também se apresentam na Maravilha do Atlântico, as bandas Cassim e Barbária, de Floripa e os lageanos/locais do Lenzi Brothers. Uma festa fodástica.

No Santa República também vai rolar discotecagem de Camila Stardust, exposição artística de Diego Lara, mostra de curtas, material de merchan das bandas e sorteios.

Mas o negócio mesmo vai começar às 14h na Fundação Cultural de Balneário Camboriú, onde a Válvula Rock faz uma programação gratuita e extensa com workshops sobre o cenário atual da cultura independente nacional, lançamento de documentários musicais e integração a outras formas de arte.

Saiba tudo sobre esta programação gratuita, separada do evento, no site da Válvula Rock

httpv://www.youtube.com/watch?v=xeT6CT4xEY4

httpv://www.youtube.com/watch?v=fs2Xh7Y9g1M

httpv://www.youtube.com/watch?v=K1SCoom65C4


Café Brasilis lança EP virtual com raridades e ao vivo

Cansados de esperar por apoio ou a boa vontade das casas noturnas em pagar o justo por sua música, o trio itajaiense Café Brasilis disponibilizou na web um EP com músicas ao vivo e raridades.

O segundo EP se chama “Hoje eu não vou dar, vou distribuir”.

O EP pode ser baixado de graça no blog da banda. Confira!

Novo single do Wilco – I Might

Wilco – I Might by ListenBeforeYouBuy

Wilco disponibilizando uma pequena amostra do que vem por ai em seu novo álbum…

Sobrevivente Z – um livro no Twitter

O ”’Sobrevivente Z”’ é um personagem de Ficção, que narra seus últimos dias na face da terra. Ao invés de usar um diário, usa 144 caracteres para narrar sua sobrevivência em um mundo pré-apocalíptico, com muita censura e governos sem saber lidar com um vírus desconhecido fora de controle e em seqüência o Apocalipse Zumbi deixa a terra devastada sem leis e mortos andando pelas ruas com sede de carne humana, sobreviver não é uma escolha é a única alternativa.

Os poucos sobreviventes encontrados também representam um perigo em potencial. A falta de comida, os saques a falta dos serviços básicos cmo: Luz, água, gás, entre outros tem dificultado a sobrevivência.
O Governo durante o Apocalipse criou as ZS’s (Zonas Seguras), que prometem proteger o povo, fornecendo abrigo.
Seguir o ”’Sobrevivente Z”’,  é acompanhar uma espécie de Reality Show de um Apocalipse Zumbi, ver de perto como alguém consegue manter-se vivo em meio ao inferno. Nessa nova “vida” o ”’Sobrevivente Z”’, terá que lidar com conflitos psicológicos intensos, conflitos morais e culturais.
Até que ponto você chegaria para preservar a própria existência vivendo em meio aos mortos?

A volta da doçura e o amor dos Brilhantines

Brilhantines em Minhas Fotos por

“Das lições aprendidas na infância” é o mais novo trabalho da banda paulista, lá de Cerquilho, Brilhantines. O quarteto que andava sumido, jogou na internet há poucos dias o seu novo EP.

Desde seu começo, há alguns anos, os Brilhantines se caracterizaram pelo som influenciado pela Jovem Guarda, mas com uma doçura bem maior, mais amor (será?) e um ar retrô gostoso, que faz lembrar bem o interior, onde tudo passa devagar, suave e o ar é mais puro.

Os integrantes,  Neto Nunes (guitarra e voz), Nilton Denardi (baixo), Dadá Costa (bateria) e Yuri Colaiacovo (guitarra e voz), imprimem em seu novo trabalho suas principais características. Pode até parecer uma continuação dos trabalhos anteriores, mas o romantismo da banda casa muito bem com aquele lance “tipo, gostamos do passado, mas estamos cá no presente, fazendo música que com certeza será ouvida no futuro”, enfim, estes são os Brilhantines.

Baixe o trabalho deles aqui e também visite aqui.

Brilhantines by Brilhantines

A desconhecida história pop dos Aerovons

Os anos 1960 tem toda aquela aura de terem sido anos mágicos na vida de muita gente. O mais importante é que em todas as transformações que os anos 1960 proporcionaram ao mundo, é que a música era boa e tudo isso se deve há aqueles gritinhos frenéticos dos reis do Yeah, Yeah, Yeah. Em 1966 os Beatles eram reis há muito, porém já estavam de saco cheio da carreira no sentido de terem que cruzar o mundo para se apresentarem. Nesta época já haviam inventando o promo vídeo, filmagens promocionais com suas músicas. A Beatlemania estava morrendo e eles entravam em outra parada muito mais elevada.

Do outro lado do Atlântico,  milhões de jovens americanos sonhavam em ser Ringo, Paul, George e John, sonhavam em ser os Beatles. Para quatro garotos de St. Louis, no Missouri não era diferente.  Em 1966 eles já agitavam as festinhas nos arredores. Usavam em palco, os mesmos instrumentos de seus heróis, tinham muita identidade com aquilo que ouviam. Já estavam se ligando que os Beatles viravam a chave e os Aerovons surgiram da idéia de Tom Hartman.

Em 1967, com a chegada de novas canções totalmente diferentes dos fabfour, Hartman e sua turma iniciaram o seu processo de composição, fazendo músicas inspiradas em coisas que os Beatles andavam fazendo em Londres, como Strawberry Fields, Penny Lane e A Day in The Life. Neste ano a banda gravou uma demo, que fou ouvida por um representante da Capitol Records, o braço americano da poderosa inglesa EMI, a gravadora dos Beatles.  Não demorou muito para a Capitol ter a idéia de levar os Aerovons para Londres, afim de gravarem um álbum no famoso estúdio Abbey Road, onde os Beatles haviam até então registrado todos seus discos sob a orientação de George Martin. Mesmo assim, a coisa não chegou a andar como queriam. Em 1968 os Aerovons chegaram a ir duas vezes para Londres, recebiam ofertas da EMI e de outras gravadoras, como a Decca, mas o tão sonhado álbum não saia.

Foi então que em 1969 os Aerovons retornaram para Londres e gravaram o seu primeiro álbum nos estúdios de Abbey Road. A banda passou três meses na cidade gravando o disco que não teve uma produção exata, mas estava nas mãos de um jovem e promissor engenheiro de som, Alan Parsons, que praticamente gravou todo o álbum. Outro jovem engenheiro de som, que estava há três anos inventando formas de gravar as loucuras sonoras dos Beatles, Geoff Emerick, também participou de algumas faixas. Durante sua estada em Londres, o Aerovons foi muito bem cotado para ser mais um lançamento da Apple. George Harrison gostou do som dos piás, mas a volta para o Missouri incrivelmente acabou definitivamente com o sonho dos Aerovons. Bob Frank, guitarrista, desde o começo na banda, saiu do grupo alegando motivos pessoais, porém, Tom Hartman afirma que Frank simplesmente sumiu. Ainda em Londres, a banda teve outra baixa. Phil Edholm, que mal chegou a tocar guitarra nas faixas do disco.  A banda se reduziu a Tom Hartman, piano e guitarra, Mike Lombardo na bateria e Bill Lombardo no baixo.

Na volta a St. Louis os problemas ainda persistiam e a jovem banda, ainda enfrentava a negativa de familiares na continuidade da carreira. Muito jovens, as famílias Harman e Lombardo não queriam seus filhos no meio de toda aquela loucura que era a fama e as drogas. O álbum jamais foi lançado pela EMI, que dissolveu o contrato. Hartman até tentou levar a coisa para frente, mas era tarde e Resurrection, nome do disco, jamais virou um bolachão. A redenção e o reconhecimento se deu apenas em 2003, quando a RPM Records resolveu lançar o álbum. Vale lembrar que durante a vigência do contrato com a EMI, singles foram prensados na época, porém, sem promoção, os discos só foram coqueluche mesmo em St. Louis, nada mais.

httpv://www.youtube.com/watch?v=Snl9QDTZjC0&feature=youtu.be

httpv://www.youtube.com/watch?v=tRMjC0O5N4s&feature=youtu.be

httpv://www.youtube.com/watch?v=_AGn6eO-WUo&feature=youtu.be

httpv://www.youtube.com/watch?v=awTOaoev5Rg&feature=youtu.be

httpv://www.youtube.com/watch?v=U_NFd2sbqx8&feature=related

Bom, o disco é praticamente impossível de se achar no Brasil e a dica é você catar ele em algum site que disponibilize o áudio para download.

Muita coisa pode ser ouvida também no Youtube. World Of You, um dos singles lançado, é uma verdadeira obra prima e na hora, para quem conhece de Beatles, você saca que além da influência, tem aquela mão dos técnicos de Abbey Road, que mandaram ver nas orquestrações e a excelente qualidade de gravação.

Floripa Music Trends rola em março e abril na ilha da magia

Nos dias 19/03, 26/03 e 02/04, o 808Audiolab apresenta o Florianópolis Music Trends, uma série de showcases e bate-papos para trazer ao público questões, técnicas e discussões em torno do universo da música eletrônica e da cultura pop contemporânea. Uma troca de conhecimentos, mas sobretudo de ideias e reflexões envolvendo beats, synths, tendências e caminhos para a música, além de sua relação com a cultura, os hábitos e a sociedade no começo do século XXI, tanto em uma cidade como Florianópolis quanto em outros centros.

O projeto busca introduzir e revisar conceitos e ainda apresentar as tecnologias que envolvem a criação e performance de música eletrônica atualmente e suas formas de disseminação e contextualização. Alguns showcases serão ministrados pelos sócios do 808 Audiolab, Isaac Varzim e Carlos Costa, DJs e produtores com anos de música na bagagem, e outros por profissionais convidados para discorrer e conversar sobre suas áreas de atuação, técnicas e experiências.

A estrutura foi pensada para abranger diferentes aspectos da cultura eletrônica, como discotecagem, teoria e produção musical, produção de festas e nightlife, entre outros, em suas particularidades e como parte de um panorama feral mais amplo. Para isso, a primeira edição do FLORIANÓPOLIS MUSIC TRENDS foi concebida em formato multidisciplinar. Cada um dos três dias tratará de um tema, desenvolvido em showcases e mesas redondas capitaneadas por Marquinhos Espindola, jornalista e colunista titular da Contracapa do caderno Variedades, do Diário Catarinense.

Florianópolis Music Trends

Dias 19, 26 de Março e 2 de Abril

A partir das 16hs

Teatro Sesc Prainha

PROGRAMAÇÃO

DIA 1 – 19/03 – PERFORMANCE

16:00h – Showcase 1: Carlos Costa – Teorias e técnicas de discotecagem, com ênfase em gêneros e equipamentos utilizados. Também abordará estilos e temas em voga no mundo musical bem como provocações acerca da atividade do DJ hoje.

17:15h – Showcase 2: Ilan Krieger – Discotecagem e suas ferramentas – Aficionado por tecnologia e novidades, Ilan comanda, desde o início de 2004, a Academia Internacional de Música Eletrônica (AIMEC). É DJ, produtor, empresário da noite e fundador dos selos BR-909 e Eletrodomésticos.

18:00h – Coffee Break

18:15h – Bate Papo: DJs e “não-DJs” de diferentes núcleos discutem o papel do DJ na sociedade contemporânea e a popularização da figura do “não-DJ” na noite. Comandado por Marquinhos Espíndola.

Convidados:

Daniel Kuhnen – Músico de formação erudita, DJ residente do Warung Beach Club, produtor e apresentador do premiado programa Warung Waves desde 2005. Também se apresenta nos principais clubes e eventos do país e é um dos diretores da agência de DJs 3Plus.

Gustavo Pamplona – Incansável agitador da música eletrônica e um dos responsáveis por levar o espírito underground às noites da Ilha, com as tendências dos clubes pelo mundo. Trouxe elementos musicais novos e subverteu os estilos, pintando seus sets com as cores do house, deep house, nu disco, tech house e techno.

Douglas x Duh – produtores da extinta festa Fake it! e atualmente envolvidos com a festa Punkcake, em Blumenau, os dois agitam o Vale do Itajaí tocando e produzindo suas noites.

Paulo Vasilescu – ator, cantor e performer, é conhecido principalmente pela língua ferina de sua personagem Zuleika Zimbábue. Produz festas e toca há anos em Florianópolis.

DIA 2 – 26/03 – PRODUÇÃO

16:00h – Showcase 1 – O processo de criação e mixagem de Sanctity, primeiro disco do Mapuchue, é analisado e explicado por Isaac Varzim, músico e produtor do projeto, e Fernando Menezes, engenheiro de som do Estúdio Gothan. Eles abordam técnicas, conceitos e ferramentas para um disco captado em home studio, mixado em estúdio profissional e masterizado em Nova York.

17:15h – Showcase 2 – FREDI CHERNOBYL – Músico, DJ, produtor e guitarrista da banda Comunidade Nin Jitsu. Produziu do primeiro disco do Bonde do Rolê – With Lazers, que fez sucesso mundial extrapolando a mistura entre funk carioca e rock pesado. Ele mostra seus processos de produção, técnicas e abordagens para realização.

18:00h – Coffee Break

18:15h – Bate papo: DJs, músicos-DJs e empreendedores-DJs discutem o mercado musical no passado e hoje. Comandado por Marquinhos Espíndola.

Convidados:

Edu K – líder da banda Defalla, é figura conhecida no mundo da música desde os anos 1980, por ser uma máquina de produzir hits como “Popozuda Rock n’ Roll” e “Gatas Gatas Gatas” e pela ausência de preconceitos para transitar por diferentes estilos e gêneros musicais.

Fredi Chernobyl

Holger Beier – Alemão dono do selo Bungalow Records, atende pela alcunha de DJ SayHoo! quando discoteca. Idealizador do projeto Blind Date, que apresenta a cena underground de Berlim em diferentes cidades do mundo, com a participação de artistas e agentes culturais.

Kadro Corrêa – fundador da escola DJLand, há quatro anos dedicada à formação e ao aperfeiçoamento de DJs e Produtores Musicais e hoje a principal do ramo em Florianópolis.

DIA 3 – 02/04 – CULTURA

16:00h – Showcase 1 – Alexandre Matias – É um dos jornalistas mais importantes do país, editor do caderno de tecnologia do Estado de S. Paulo e responsável pelo popular blog Trabalho Sujo, Matias ainda arruma tempo para promover e discotecar em sua festa Gente Bonita Clima de Paquera. Apresenta um showcase falando sobre a nova música, midias digitiais e os novos processos de formação da cultura pop.

17:15h – Showcase 2 – Promoters e DJs de Florianópolis falam sobre suas experiencias em formação e consolidação de projetos de diferentes propostas. Rafael Korova fala sobre o 1007 Boite Chik, Tiago Franco fala sobre a Devassa, Isaac Varzim e Angelina Capella falam sobre a Plastique e Leandro de Bem fala sobre a produtora Press Ink.

18:00h – Coffee Break

16:15h – Bate Papo: Os novos caminhos da música digital. Comandado por Marquinhos Espíndola.

Convidados:

Alexandre Matias

Fábio Bianchini – Jornalista e músico. Participante da noite florianopolitana desde o final dos anos 1980.

Emerson Gasperin – Jornalista. Em 1992, fundou o fanzine Futio Indispensável, principal veículo do underground florianopolitano na época. Foi também editor da revista Bizz e passou por vários dos principais veículos de imprensa do país.

Que fim levou os Bitkids?

Bitkids surgiu em 1995 com um álbum gravado pela Polygram

O site Beatles Brasil, do meu amigo e chapa José Carlos Almeida, lá da Bahia, o maior portal dos Beatles em lingua portuguesa, fez uma matéria interessante dos Bitkids, uma banda de crianças e pré-adolescentes, que nos anos 1990 fizeram relativo sucesso no mundo beatle brasileiro. Os guris gravaram um álbum com versões de músicas dos Beatles pela gravadora Polygram (que os abandonou totalmente, novidade né?), duraram mais algum tempo e depois sumiram. Os integrantes, hoje adultos, tomaram rumos diferentes. A nota triste é o baterista Wei (segundo da esquerda para direita), que foi assassinado em 2007.

Confira a matéria aqui

Fim de semana rock and roll em SC

Se agenda ai, vários eventos legais no fim de semana:

JOINVILLE

RIO DO SUL

FLORIPA

BLUMENAU

OS EFERVECENTES + HELVÉTICOS

LAGES

@patadeelefante e + 3 bandas em Lages dia 28. Rock On Festival.

Então, não tem o que reclamar, o Estado tá cheio de shows neste fim de semana, de Rio do Sul, passando por Blumenau, Joinville e Floripa. Destaque para o show do Hugo Race em Floripa na sexta, o show dos Efervescentes em Blumenau (que hoje, dia 25, tocam no Ooby Dooby em Balneário Camboriú) e do Identidade em Joinville.

Minha presença tá garantida hoje no Ooby Dooby e amanhã no Hugo Race em Floripa.

Bom show para todos!

Hugo Race se apresenta em Floripa na sexta

Nesta sexta-feira, 26, o John Bull do Centro da capital manezinha recebe um bom show. Hugo Race chega com sua turnê brasileira em Floripa, o cara tem no currículo ter sido um dos Bad Seeds, banda do mago Nick Cave. O show com ingressos a R$ 15 pila promete e segundo o amigo Xando Passold, Race apavora e vai fazer um belo show para os catarinas.  O músico australiano vem para SC pelas mãos do coletivo Mamma Vendeta, que inaugura sua carta de bons shows. Hugo Race será uma boa pedida para quem estiver em Floripa nesta sexta. Mundo47 estará presente com certeza.

Barulho Horroroso: a casa do tosco noise

Guilherme Zimmer, rei das tosqueiras e dos discos, socializa sua coleção

Está no ar o blog do rei dos esporros diversos em qualquer banda de Santa Catarina e agitador mor cultural e um dos responsáveis pelo SConectada. Guilherme Zimmer resolveu soltar o que há dentro dele (e não é tão fedido assim), sua rara coleção de coisas toscas adquiridas depois de anos e anos de vadiagem por sebos, lojas de discos, sites e inferninhos da internet. Barulho Horroroso é sua nova fonte dessas coisas meu caro leitor, portanto, guarde o endereço abaixo e pire nas coleções malucas de Sir Zimmer.

http://barulhohorroroso.blogspot.com/

Drops…………………………………..May by Day

# primeiramente saudações rubro-negras…

# depois, vale ressaltar, que gordos também podem e devem praticar esportes…

# vamos ao rock… 

# dica de pai é dica de pai. Não é a toa que o velho mandou gravar o Please, Please Me para mim quando eu tinha apenas 9 anos, lá se vão 20 anos e ele continua mandando bem. A dica do seu Haraldo foi recebida por e-mail. Trata-se da Beatlestube, uma página que reúne links com todas as canções dos Beatles postadas no YouTube. Sejam imagens montadas com imagens e o áudio, gravações ao vivo, clipes oficiais, filmes da televisão, shows, lá estão os fab four e todas as suas músicas no YouTube, a melhor televisão do mundo.

 

# a semana inicia amanhã, mas você já pode fazer sua agenda 47 de róque para quinta e sexta. Começa com os rapazes do Parachamas, Alexandre M e Alex, nas pickups da Indie Rock Me, em Blumenau, num set nervoso de electro ao indie. Na sexta eles se juntam aos comparsas de banda para um show com Al Diaz e Calvin em Jaraguá do Sul, no Fort Beer. 

 

# os irmãos Lenzi iniciam um maio quente e importante para suas carreiras. No final do mês a banda sobe para o sudeste, onde faz shows nos estados de São Paulo (interior), Minas Gerais e Goiânia, onde se apresentam no festival Bananada, tradicional festival organizado pela Monstro Discos e que faz parte da Abrafin – Associação Brasileira de Festivais Independentes. Até o meio do mês de maio os Brothers tocam por SC, em shows em Lages, Piçarras e Joinville. Veja a programação completa no Fotolog da banda.

# na semana que passou, a Fundação Cultural de Itajaí divulgou os projetos que foram contemplados na cultura da cidade. Alguns deles beneficiam bandas da cidade que atuam no mundo independente. A banda Angeli, mesmo sendo de Balneário, mas com integrantes de Itajaí, conseguiu que o seu projeto para gravação de seu primeiro álbum fosse aprovado pela lei local. OUtra banda que receberá uma graninha para custear sua produção é a Yellow Box, famosa nas casas noturnas do litoral, a banda será beneficiada e fará uma gravação de 100% de canções autorais. Para finalizar, a banda Anti-Heróis, de Itajaí, também foi beneficiada pela lei de incentivo local e receberá uma verba para a gravação de seu segundo álbum. Negócio é comemorar e quem ganha é o róque catarina. 

# Susan Boyle is pop

 

# em Rio do Sul a festa número três Let´s Rock, organizada pelo Estúdio Full Gas já está totalmente agendada. 16 de maio com a presença das bandas Ursulla (Joinville), The Colors (Balneário Camboriú) e Full Gas (Rio do Sul).  A Let´s Rock acontece no subsolo do clube Duque de Caxias, no Centro da cidade e os ingressos serão vendidos a R$ 10 + 1 kg de alimento não perecível que será doado ao Lar das Meninas, lá de South River. 
# esta semana o Oasis desembarca no Brasil. Aqui no Sul aportam em Curitiba no domingo, 10, Dia das Mães e na terça-feira em Porto Alegre. 
# e pelo segundo ano consecutivo a marcha da maconha não vai às ruas. Apenas protestos silenciosos, já que a justiça brasileira entende que a marcha é apologia à droga. Em 2008 a PM do Rio deteve um cachorro e um homem pela marcha. O homem foi liberado, mas o cachorro está na Polinter. 

Confira a agenda wroooock para este fim de semana

 Perpetual Dreams se apresenta no JB em Balneário

Nesse sábado a banda blumenauense Perpetual Dreams faz show no JB Rock Pub (Av. Rui Barbosa, 580 – Praia dos Amores – Balneário Camboriú). Além de músicas próprias, a banda irá apresentar seu novo projeto com repertório de covers, cheio de bons e velhos clássicos do rock e metal. No cenário brasileiro desde 1995, suas composições próprias ficam entre o metal tradicional e o metal melódico e suas principais influências internacionais são Iron Maiden, Deep Purple e Yngwie Malmsteen. A Perpetual Dreams é composta por Carlos E. Dávila no vocal, Deny Bonfante na guitarra, Jan Findeiss nos teclados, Chris Link no baixo e Fábio Passold na bateria.
Tarrafa Elétrica no Mercado Público em Itajaí
Em Itajaí o sabadão é com a Tarrafa Elétrica, som peixeiro de raiz com elementos do rock. O show acontece no Mercado Público de Itajaí a partir das 22 horas.
Pornô de Bolso e Verano agitam o sábado dos 48
No Pomar das Artes, no bairro Agronômica em Florianópolis, Verano e Pornô de Bolso fazem a fextênha na “Ilha da Magia”. Os 48 iniciam o róque cedo, domingo é dia de praia, e às 19h começa o negócio por lá. Ingressos a módicos R$ 5 pila.
Voodo e reza braba trazem a Legião Urbana de volta a Blumenau
acabou-se o primeiro lote...
No Donna D em Blumenau a Legião Urbana Cover, de Curitiba traz o fantasma do Renato Russo. A festa acontece no sábado também, com abertura do The Cases. Ingressos R$ 10 contos no primeiro lote e R$ 15zão no segundo. Te liga e vai atrás se quer pagar menos.
Sexta abre com Aerocirco no Clube da Luta
Ô loco meu!
A sexta-feira abre com o Clube da Luta em Floripa com  a banda Aerocirco e sua penca de convidados e chapas do róque, como Emília Carmona, André Guesser, Márcio Costa, Allam Japa e pra variar, a discotecagem do Dejota Zé Pereira (que papo é esse de bailinho? isso é coisa de carioca…) Ingressos R$10 contos e o batlocal é sempre a Célula, no bairro João Paulo.

SenhorF cria blog para debater legislação e música

Estar em Brasília não é só um opção, é uma excelente oportunidade para se informar de como andam as coisas na capital federal. E a música independente também precisa lutar e saber dos seus direitos. Pensando nisso o mago mestre do jornalismo roqueiro do Brasil, Fernando Rosa, está com seu blog de música e legislação, onde debater sobre o futuro do mercado e do meio independente é fundametal. Quem sabe as questões quanto a isso não fiquem apenas na mão de meia dúzia de figuras, do alto clero da Abrafin e dos meios de comunicação Rio-SP. A coisa é bem mais embaixo. Parabéns ao Fernando Rosa.

Clique e conheça :http://blog.senhorf.com.br/

Rock, show e posters

O chapa Ricardo Seola, catarina de Rio do Sul City, agora radicado na Itália, guitarrista dos bons da banda Z? de Floripa, montou um blog bacana sobre o design dos mais variados posters de shows de róque. O Posterize está na web e segundo Ricardo, em poucos dias já teve mais de mil visitas. “É muita gente linkando para lá”, diz. 

Ricardo explica que o Posterize não nasce como um blog sobre música, muito menos como um guia de shows. É um blog de design. De design sobre música. Poster (de show) é um meio incrível, porque usa o trabalho de um artista pra divugar outro artista. Para Seola, é muito interessante ver como cada designer interpreta a personalidade de cada banda, e traduz essa personalidade em informação relevante.

Posters de shows do Radiohead, Wilco e White Stripes, pra citar alguns, são a prova de que a linguagem musical tem um paralelo visual igualmente poderoso, que constrói a “marca” tanto quanto a música. Sim, marca, porque poster é propaganda. Deve ser belo, mas deve informar. 

Mundo47 é um pólo de recebimento de posters via web, das mais variadas festas do Estado. Tem coisa tosca, mas tem coisa muito bem elaborada. Vale mesmo é levar o poster para o site do Ricardo e ganhar pelo menos o reconhecimento dos desingners de todo mundo. 

Conheça:  www.posterize.com.br

Drops……………………………………Beatlejuice

beatlejuice

# vai um Ki-suco ae? A Juliana César tava antenada e me prometeu mandar uma caixinha de John Lemon.

# deputado Clodovil Hernandez, também estilista e apresentador de TV se foi nesta terça-feira. Polêmico, nem família teve para reclamar o corpo. Na hora da morte cogitaram doar os órgãos dele. Também não teve ninguém interessado em receber o órgão do homem… que Deus o tenha e que os humoristas do Pânico achem outro para pentelhar…

# Jean Mafra, frontman do Samambaia Sound Club, que toca nesta sexta-feira no Clube da Luta em Floripa, é compositor que faz música para outros. No pop suas parcerias já são conhecidas. A próxima parceria virá no CD da jovem cantora de Itajaí, Barbara Damásio, que está gravando três canções de Jean. 

# neste sábado, no programa Câmara Ligada, da TV Câmara, a banda Autoramas participa tocando seus wrrroooooooooocks tradicionais e coisas novas. O programa vai ao ar na TV da Câmara dos Deputados a partir das 17h30 com reprises no Domingo, 22h, terça às 4h, sexta às 19h e sábado às 01h. 

# depois da paulada que foram os shows do último final de semana, Floripa e Joinville, os manos do Da Caverna vem com notícias fresquinhas do próximo álbum, que já está a passos largos, mas depende de um investimento maior. Enquanto o álbum não vem, os rapazi começam a trabalhar o novo single, “Sexo Oral”, que deverá ser lançado em meados deste ano. 

# o Da Caverna fechou uma parceria com o ex-vj da MTV, Gastão Moreira, que aceitou o desafio de produzir o single do Da Caverna. “Estamos excitados”, com o “Sexo Oral”. Então tá né…

Superguidis libera versão acústica de canção do novo álbum

Terceiro álbum sai pelo Senhor F e na Argentina pela Scatter Records

Os gaúchos dos Superguidis estão dando um presente aos fãs. A liberação de uma versão “unplugged” de uma das músicas do terceiro disco, que sai em breve pelo selo Senhor F  Discos, do mago Fernando Rosa e que também tem o dedo do rude plebeu, Philippe Seabra, que produziu as gravações do novo álbum do Superguidis. 

A música foi postada na comunidade da banda, como presente antecipado e se chama “Aos Meus Amigos”, que fecha o novo trabalho da banda que nasceu nas margens do Guaíba, em Canoas,RS. O música é uma gravação caseira, produzida pelo Lucas Pocamacha e Andrio Maquenzi. O álbum gravado em Brasília também saíra na Argentina, pelo selo Scatter Records. 

Baixe a música aqui

Rick Bonadio por Marco Bezzi

O mestre Alexandre Matias, do blog Trabalho Sujo, bateu um lero com o produtor pop Rick Bonadio, responsável por Mamonas Assassinas, NX-Zero, Charlie Brown Jr. e outras porcarias do pop. Rick que já produziu em conjunto com Rafael Ramos, o primeiro disco do Los Hermanos, revela no papo com Matias que a banda é insuportável. Alguém concorda com ele?

Leia a entrevista aqui

ERRATA: isso que dá não ler legenda de foto ou não gostar do Atchim e Espirro, pois a entrevista citada acima, lida no blog do Alexandre Matias, foi feita pelo Marco Bezzi, do Jornal da Tarde. Viagem total minha e peço desculpas ai ao Alexandre e ao Bezzi, fueda.

Leia a entrevista original aqui

Blog Cerveja Metálica é opção do metal na web

Então, só foi jogar umas idéias na cabeça do chapa Frank Gonçalves que mais um camarada entra para o hall dos blogueiros wrockers da internet. Frank é um dos chegados e entendidos do heavy metal no Estado. Já contribuiu para várias publicações virtuais ou não do estilo e aqui no Mundo47, junto com Klaus Loos, fez a sua listinha dos melhores dos melhores do metal em 2008. 

Dá um confere no Cerveja Metálica

Blog Pauta Falida

Gustavo Moura, o Kaly da banda Stuart, blumenauenses radicados em Sampa, agora se aventura no meio blogueiro. Kaly que é também formado em jornalismo, está com seu Pauta Falida, blog que faz um apanhado sobre o “cotidiano chulo”, música tosca, cultura estranha, designer feio e as clássicas Aspirinas Fora de Série. Dá um clic lá e confere o que o Kaly diz.