Category: Bandas Catarinenses

Conheça os melhores lançamentos de Santa Catarina em 2013

941428_376326879153043_312824410_n

Ano vem, ano vai, Mundo47 faz sua lista dos melhores de cada ano. Teve ano que tivemos participações especiais. Teve ano que a lista me pareceu injusta, teve ano que fizemos listão, enfim, ano após ano, damos a nossa contribuição para a valorização da música catarinense que é feita com muita qualidade, mas quase nunca reconhecida pela grande mídia, principalmente radiofônica e televisa, que vira as costas para os nossos artistas e isso não tem jeito, eu não acredito mais. Mas há ilhas de reconhecimento e incentivo. No Grupo RBS, todos os jornalistas e colunistas dos seus jornais trabalham com essa ótica diferenciada. Nos jornais do Grupo RIC, a mesma coisa, os cadernos de variedades também dão sua importante contribuição. Nos dois grupos, as rádios e os canais de TV praticamente ignoram. Este ano tive a honra de ser convidado pelo jornalista Marcos Espíndola, do Diário Catarinense/Grupo RBS, para participar com a minha listinha dos 5 melhores lançamentos de SC em 2013. Vale tudo. Álbum, single, EP, clipe, enfim, o que teve melhor na música de SC neste ano.

Eu sempre acho que teve tanta coisa que é impossível numerar alguma de 1 a 5. Mas quando fiz a minha listinha para o DC, eu apostei na qualidade do trabalho e no que cada lançamento representa para o movimento roqueiro em SC. Aqui vamos listar 10 lançamentos do ano, os 5 do Diário Catarinense e mais 5 trabalhos que achamos que são os melhores do ano. Mesmo assim, vamos eleger também o melhor clipe, o melhor show e vamos dar uma pincelada na cena nacional e internacional. Confira nossa “lextênha” 2013

 

MELHORES LANÇAMENTOS CATARINENSES 2013

1 – LES SAVONS SUPERFINS – Para Quem Quiser Ouvir (Florianópolis)

2 – THE HEADCUTTERS – Shake That Thing (Itajaí)

3 – LENZI BROTHERS – DVD 15 Anos Ao Vivo (Lages/BC)

4 – SIX SIX THE CLOW –  Inferno (Rio do Sul)

5 – HOMEM LIXO – Roadie ta Ruim (Rio do Sul)

6 – DELLA/PEIXOTO – Della/Peixoto (Floripa)

7 – BELLA INFANTA –  Apenas Cinco (Joinville)

8 – CLUBE LAS VEGAS – Clube Las Vegas (Joinville)

9 – SKROTES – Nussun Dorma (Floripa)

10 – STEREOTROIA – Stereotroia (Joinville)

 

MELHOR VIDEOCLIPE

1- ANTONIO ROSSA – PROFETATEU

Profetateu – Antonio Rossa & Rodrigo Daca (Videoclipe Oficial) from Transitoriamente on Vimeo.

2 – MARUJO COGUMELO – Sangue Blue

3 – YELLOW BOX – Up and Down

4 – ANTONIO ROSSA – ATMOSFERA

5 – SOMAA – Três

6 – HELVÉTICOS – Um dia você vai saber

7. BONDE VERTIGEM – Por Aí

 

 

REVELAÇÃO 2013

REC ON MUTE  (Jaraguá do Sul)

LACTOBACILOS MORTOS (Rio do Sul)

SYNTZ (Balneário Camboriú)

 

MENÇÃO HONROSA

RODRIGO DACA – Cecília

JEAN MAFRA+FELIPE MELO – Micro Alegria

 

 MELHOR SHOW

Lenzi Brothers e Greg Wilson (em Brusque)

 

 

 

Válvula Rock faz evento beneficente neste domingo em Itajaí

1469858_252867538205577_1091336764_n

 

Neste domingo, 15, a partir das 16h00, o pessoal do Válvula Rock está promovento o Festival Válvula Rock 2013. Será uma tarde/noite com rock and roll e blues, com bandas legais como Tarrafa Elétrica, The Headcutters, Ou3tórya, Somaa, Rock Thieves e Vinte Vinténs. Os shows acontecem no Greenwich Pub, na Avenida Beira Rio, em Itajaí.

Entrada: UM BRINQUEDO

Não precisa ser muito adivinho para saber que esses brinquedos serão distribuídos para crianças carentes neste Natal. Participe.

 

Joinville Rock City: acompanhe a programação rock na maior cidade do estado

O final de semana será rock and roll em Joinville, a famosa Manchester brasileira, a maior cidade do estado. A semana já começou quente, quando ontem, o Rubens Herbst, da coluna Orelhada do Jornal A Notícia, fez mais uma bela edição de sua Noite Orelhada com a volta da banda Old Machine. Confira o final de semana rock and roll em Joinville.

 

Festival Santa Catarina é Show

A primeira edição do Festival Santa Catarina é Show acontece no próximo fim de semana, no Mercado Público de Joinville. As apresentações acontecem em dois palcos e a entrada é gratuita. Na sexta-feira (13), oito bandas estão escaladas, entre elas, Miopia, Somaa, Homem Banda e Sua Mina, Relespública e Nasi. No sábado (14), é a vez do Fairans, Vlad V, Iriê, Tony Araújo, Sylverdale, Fevereiro da Silva, Skrotes e outras quinze bandas. Mais informações: 47 3445-0055.

Tarde de música, vinho e chope

Uhul_-_Credito(Felipe Scharf) (2) (1)

Após o lançar o terceiro disco “Amor, cerveja e amigos”, na primeira quinzena de novembro, o Uhul está divulgando o álbum e convidou o Fevereiro da Silva para uma tarde de música, gastronomia, vinho e chope na Adega Top Wine. O show acontece sábado (14), a partir das 15 horas. O ingresso custa R$ 10,00.

Último show de hardcore do ano

Open Wards for Hero_-_Credito(Diego Nens)

 

O último show de hardcore do ano acontece sábado (14), no Funil Bier. O bar volta a abrir espaço para o gênero e as bandas escaladas são o Horace Green (São Paulo/SP), Open Wards for Hero (Joinville/SC), A Outra Ordem (Jaraguá do Sul/SC), Trust in Few (Corupá/SC), Selva (Mafra/SC) e Taunting Glaciers (Blumenau/SC). A primeira apresentação ocorre às 15 horas. O ingresso antecipado custa R$ 5,00 e está à venda na Brixton Hip Hop Haro, Estúdio Mario Lima, Corpo Fechado Tattoo Shop, Imigrant Skates e Epístola Roupas. Na hora, o valor aumenta para R$ 7,00. O Funil Bier fica na rua Dona Francisca, 2057, Saguaçu. Mais informações: 47 9679-8859.

Syntz: nova aposta do heavy metal catarinense lança música na web

1459187_442221762556478_1615876359_n

Marco, Wander, Osvaldo e Jay apresentam novas músicas dia 21 em Balneário

 

Engana-se quem pensa que o litoral catarinense é berço de bandas de reggae, sons de praia e um tipo de axé sulista sob as ondas. Nada disso, o Heavy Metal já foi rei em muitas oportunidades e o estilo sempre permaneceu vivo com bandas  autorais de excelente qualidade e padrão internacional.  Você, que gosta de heavy metal,  já deve ter ouvido nomes como Steel Warrior, Stormental, Battalion, Perpetual Dreams, Rhestus e de Balneário Camboriú, tínhamos a Syndrome.

Em setembro de 2012 a Syntz foi formada em Balneário. A proposta dos camaradas, era compor músicas pesadas e energéticas. No cast de músicos, dois ex-integrantes da Syndrome. O guitarrista Marco Aurélio Girardi e o baixista Osvaldo Dauve. Para as baquetas, Wander Verch foi chamado, ex-baterista da Dracma. Como toda banda de Heavy Metal, o vocal é um fator importante e no começo, o espaço foi ocupado primeiramente por Alexandre Ripper, que por motivos pessoais, deixou a banda logo no começo.  Jay Heart foi escolhido para assumir os vocais da Syntz, ele que atuou em bandas como Still Life e Selvagens da Monareta.

A Syntz entrou em estúdio neste ano. No mês de outubro, a banda de Balneário Camboriú foi até o The Magic Place, sob a tutela do mágico das gravações, Renato Pimentel, para gravar suas músicas, que partem sempre do heavy metal clássico, mas com boas pitadas de trash e hard, complementando tudo com um vocal diferenciado, porém dentro dos padrões, de Jay, que deixam as músicas com ainda mais pegada. Nesta tarde conversamos com Marco Aurélio Girardi, guitarrista, ex-Syndrome e que comenta um pouco desse projeto com a Syntz. Para ele, a volta é emocionante, porque compor sempre foi muito importante para Marco. “Eu aprendi a tocar compondo, não tocando covers, ou seja, eu fiz o caminho inverso e a Syntz é uma realização, pois eu já tinha desistido de ter uma banda, mas estou bem feliz com o resultado”, explica o guitarrista. Segundo ele, a banda será levada a sério, como em tudo que faz, mas é um projeto com menso pressão que os tempos seus na Syndrome. “Estamos cientes das dificuldades de ter uma banda, estamos levando a sério, mas sem perder a diversão”, garante Marco.

 Single foi disponibilizado no Youtube

 

De maneira desprentenciosa  e sem muito alarde, a primeira música foi disponibilizada hoje, 11/12/13 (ficou legal o trocadilho de datas não é?) no YouTube. A canção Louder and Harder está disponível para audição na web. Segundo a banda, em breve mais músicas serão liberadas e um EP deverá ser lançado com essas músicas. No próximo dia 21 de dezembro, a Syntz fará sua grande estreia numa das festas do heavy metal mais tradicionais do estado. O Natal Metálico, organizado há 14 anos pelo casal Klaus e Fabi Loos, traz a estreia da Syntz nos palcos catarinenses com seu novo repertório. Além da Syntz, o Natal Metálico terá as bandas Perpetual Dreams e Battalion, que também estarão lançando material (mais informações durante a próxima semana)

 

 

Headcutters lançam novo álbum na próxima semana em Balneário

996919_583260185070619_249164013_n

 

Eles são brasileiros, catarinenses do litoral norte e conseguem ser a banda de blues mais autêntica hoje em atividade no Brasil. Os Headcutters, de Itajaí, liderados pelo vocalista e harmônica Joey Marhofer e que conta com Ricardo Macca na guitarra, Catuto no baixo e Caveira na bateria, formando o quarteto dos sonhos de qualquer bluesman, seja lá da região de Chicago, nos Estados Unidos ou de uma cidade portuária no Sul do Brasil. Os Headcutters formam hoje a melhor banda de blues do Brasil e estão prestes a lançar um novo álbum.

Nesta semana nas redes sociais, o vocalista Joey apresentou aos fãs e amigos, o teaser do novo álbum, chamado Shake That Thing, que impressiona pelo fato de que, neste disco, serão 11 canções autorais e duas regravações. O novo álbum conta com a participação de bluesmans, tanto brasileiros como americanos, como Igor Prado, Omar Coleman e  Richard Pryor o Lee Pryor.

A banda brasileira figura entre uma das principais no Brasil e participa de festivais e apresentações por grande parte do território nacional, sempre arrebatando plateias ávidas pelo melhor do blues, principalmente aquele blues que remetem a grandes personalidades que marcaram a história do estilo, como Hollin Wolf, Muddy Waters, Bo Didley, Little Walter e outros grandes nomes.

O lançamento oficial do álbum será no dia 20 de dezembro, no Gas Station Pub, em Balneário Camboriú. Cd’s já estão disponíveis para a venda através do site: www.chicoblues.com.br

 

 

Profetateu é o novo clipe/música de Antonio Rossa

Profetateu – Antonio Rossa & Rodrigo Daca (Videoclipe Oficial) from Transitoriamente on Vimeo.

 

 

Antonio Rossa certamente não imaginou que a música e o clipe de Profetateu seria um de seus  melhores trabalhos. A música que já é de uma qualidade de composição e melodia excelentes, foi abençoada com a ideia do músico, compositor, diretor, ator, cantor, enfim, o cara é multi, de fazer um vídeo bacana, com qualidade e excelente fotografia. Músico convidado, o nosso sempre indispensável Rodrigo Daca, que empresta sua voz para uma bela parceria em Profetateu de Antonio Rossa.

 

Dirigido, idealizado e editado por Rossa, o clipe de Profetateu conta com os atores Simone Moraes, Marcelo Mudera, Juliano Malinverni, Marcela Machado, Ana Carol Miranda, Jadel Kratz e Rafael Nicolay. 

A música foi gravada e arranjada pela turma da Sociedade Soul, lá de Floripa, no Magic Place, estúdio mágico de floripa sob a batuta de Renato Pimentel.

Dá um confere aí!

 

Aerocirco volta aos palcos comemorando 10 anos de lançamento do primeiro disco

 

O sábado, 09, será especial na Célula Cultural em Florianópolis. É a banda Aerocirco, que volta para um show apenas, comemorando os 10 anos de lançamento do seu primeiro disco, Aerocirco. A apresentação inicia a partir das 23h00 com ingressos antecipados a R$ 20 Dilmas e na hora R$ 30 Dilmas.

Conversamos com o guitarrista Mauricio Peixoto, que entrou na banda em 2007 e disse que o show é único. Mauricio conta que a banda acabou ainda em São Paulo, três anos atrás, quando os integrantes tentavam a carreira no eixão. Segundo ele, alguns integrantes resolveram voltar para Florianópolis e aí todos seguiram caminhos diferentes.  ”A volta é só para este show mesmo. Hoje o Della mora em Belo Horizonte, o Henrique em Laguna, só eu e o Rafa em Floripa, seria muito difícil manter uma banda deste modo”, explica.

 

 

Greg Wilson e Lenzi Brothers fazem tour pelo litoral

Wilson e os irmãos Lenzi Brothers em três momentos nesta semana.

Wilson e os irmãos Lenzi Brothers em três momentos nesta semana.

 

Toda vez que o guitarrista e vocalista norte americano Greg Wilson se reúne com os irmãos Lenzi, é fato que a noite será daquelas de cair o queixo. O vocalista do Blues Etílicos há algum tempo já tem essa boa parceria com os Lenzi Brothers, banda catarinense que recentemente lançou seu DVD ao vivo de 15 anos de banda. Com Wilson, eles também gravaram um álbum em 2012. O disco gravado em poucos dias é um dos melhores lançados naquele ano.

Nesta quinta-feira, 07,  o giro com Greg Wilson começa em Brusque, com uma grande jam de músicos do blues catarinense. Essa festa (cartaz abaixo), é produzida pela DEMEC produções, do grande Demian, lá de Brusque, mas infelizmente, segundo o próprio Demian, os shows estão sold out.

 

Na sexta (08) e sábado (09), os shows acontecem no Didge de Balnéario Camboriú e Joinville respectivamente, mas aí sem os músicos da grande jam de Brusque, mas sim o agora quarteto Greg Wilson e Lenzi Brothers.  Em Santa Catarina, além dos Lenzi Brothers, Greg Wilson tem outra boa parceria com um grupo de blues, o Riverside Blues, de Blumenau. Esta é outra banda que Greg se apresenta em Santa Catarina. Com os Lenzi Brothers o repertório varia com músicas de Greg Wilson e também músicas originais Lenzi Brothers, em versões adaptadas a voz de Wilson. Vale a pena conferir.

Os ingressos para os shows no dois Didge, de BC e Joinville, custam R$ 20,00 e as apresentações estão marcadas para às 23h45.

 

Festival Barriga Verde: entrevista com Autoramas

autoramas2-1023x682

Eles já estiveram na minha casa. Eles já foram atrações em duas edições do Festival Mundo47. Eles já estão na estrada há 15 anos. No próximo sábado eles retornam a Santa Catarina para uma série de shows. A volta será em Rio do Sul, no Lance Cultural, participando do Festival Barriga Verde, organizado pela Microponto Produções e Coletivo Barriga Verde com apoio do Mundo47.

Nesta volta ao estado, participam de uma turnê bacana com uma outra banda de qualidade. A Fabulous Bandits, do Paraná. As duas bandas estão circulando pelo país com o apoio da Jaggermeister, num bus em viagens alucinantes, estilo Magical Mystery Tour. Além deles, o Festival Barriga Verde (Ingressos R$ 20,00 antecipados e R$ 25,00 na hora), traz mais seis bandas. Será um sábado de “RRRRRROOOOCK” na Capital do Alto Vale do Itajaí, uma das cidades mais rock and roll de Santa Catarina.

Um pouco antes da chegada das bandas para os shows em Santa Catarina, a baixista Flávia Couri e o baterista Bacalhau, deram uma palavrinha com o site Mundo47. Por e-mail, eles conversaram com a gente sobre a turnê, sobre a cena musical, sobre os 15 anos de estrada do Autoramas e o que vem por aí na história desta banda que faz acontecer na cena independente do Brasil. Confira!

 

MUNDO47: Pessoal, como surgiu essa nova turnê de ônibus com o Fabulous Bandits?

 

Flavinha: Fizemos dois shows com os Fabulous Bandits no começo do ano e foi pintando a idéia de fazer uma turnê juntos. Eles conseguiram o ônibus com patrocínio da Jaggermeister e nos chamaram, Estamos todos muito felizes com realização da tour, e quero agradecer os Fabulous pelo convite.

 

Bacalhau: Depois de um show que fizemos em Londrina no Vitrola Bar junto com os Fabulous Bandits em fevereiro de 2013 lançando o nosso disco Música Crocante percebemos que o show do Fabulous foi bem bacana e que as duas bandas juntas nesse dia foi muito bom e vislumbramos a idéia de fazer uma tour juntos pelo Brasil. Foi quando o Diogo do Fabulous Bandits ligou alguns meses depois dizendo que a idéia  havia sido aprovada e já tínhamos o patrocínio da Jägermeister para o que veio se chamar Unchained Tour.

1383484_616218208421957_1239740787_n

 

MUNDO47: A turnê já realizou shows em algumas cidades, como tá o clima com a rapaziada? Já tem alguma história boa para contar?

 

Flavinha: O clima está ótimo, diversão no palco e na estrada! Bom, temos garrafas de Jaggermeister no camarim em todos os shows, então histórias engraçadas é o que não faltam, mas a que eu lembro agora não dá pra contar aqui!

 

Bacalhau: Está muito alto astral todos os shows estão demais! Saímos de Franca em direção para mais um show em Brasília no meio do caminho pegamos dois temporais bem fortes daqueles de diminuir a velocidade para não haver nenhum de acidente, isso fez que ocoresse um atraso que nos levou a chegar em Brasília na hora exata do Fabulous entrar no palco. E no final deu tudo certo e foi showzão e com casa lotada.

 

 

MUNDO47: O Autoramas comemorou recentemente 15 anos de banda. Como vocês avaliam este tempo todo junto? 
Flavinha: Num mundo onde a música é vista muitas vezes como uma mercadoria descartável, 15 anos de estrada é para poucos. Ter uma carreira sólida como a do Autoramas é fruto de muito trabalho – e muita criatividade.

 

Bacalhau: Estaremos comemorando os  15 anos do Autoramas o ano inteiro, estamos no meio da Unchained Tour e mais Festivais e cositas mais. Percebo que estamos sempre evoluindo como banda e isso é muito bom,  pretendemos viver assim pra sempre.

 

 

 

MUNDO47: A banda é muito respeitada no Brasil e fora dele, mas o que não aconteceu foi, digamos, um estouro em todo o Brasil, como aconteceu antigamente com Raimundos, Charlie Brown e outras bandas de rock. Para vocês, o mercado do rock no mainstream acabou? 

 

Flavinha: O mercado mudou muito, com a quebra das grandes gravadoras e o crescimento da cena independente. Não dá pra comparar com essas bandas, porque o cenário é totalmente diferente. Hoje temos muitos selos de médio porte e festivais em todo o Brasil, e o Autoramas sempre esteve na vanguarda do mercado independente – na verdade ajudou a criá-lo – então conseguimos fazer muitos shows em todo o país e fora dele e viver da nossa música, mesmo sem estar no “mainstream”, o que é um privilégio.  Na real, essa divisão entre mainstream e independente também já perdeu um pouco o sentido, porque tocamos também em festivais mainstream como o Rock in Rio e fazemos programas de TV. O que importa é seguir com a nossa carreira e continuar a fazer boa música.

 

MUNDO47: A banda faz diversos shows anualmente na Europa. Como são esses shows por lá, já que a maioria das músicas são em português?

 

Flavinha: Em março de 2013 fizemos nossa décima turnê européia. Na primeira vez, pensamos – como todo mundo – que o fato de cantarmos em português poderia ser uma barreira. Mas pra nossa surpresa, acabou dando um charme a mais, inclusive muitas bandas alemãs, francesas e espanholas que cantam em inglês, após assistir nossos shows, vieram nos falar que iriam começar a arriscar músicas em  suas próprias línguas. Outro “mito” que derrubamos foi o de que pra uma banda brasileira fazer sucesso lá fora tem que fazer música tradicional brasileira, como bossa nova, ou colocar um pandeirinho… Descobrimos que o rock é a linguagem universal e que nosso rock é muito brasileiro sim e original – as críticas que recebemos dos gringos ressaltam que fazemos um “hot blooded garage rock, que temos muito suíngue. Os shows na Europa são ótimos, a cada turnê mais pessoas conhecem a banda, mais convites aparecem e incluímos mais países na agenda. Na Espanha já tocamos em festivais grandes como Primavera Sound e o Turbo Rock, ao lado de grandes bandas. Acho que junto com a Alemanha, são os dois países que mais curtem nosso som, são povos muito festivos que curtem um rock pra dançar!

 

Bacalhau: Os shows por lá são sempre divertidos e alto astral.Eles adoram que cantamos em português soa muito interessante pra eles.Já tocamos Alemanha,Aústia.Bélgica,Itália,Portugal,Inglaterra,Dinamarca,Holanda e Espanha.

 

 

MUNDO47: Em 15 anos a banda lançou bons EP´s, álbuns e também um DVD pela MTV. O que o Autoramas tem planejado para o disco após o Música Crocante?

 

Flavinha: O nosso novo DVD, Autoramas Internacional, já está na fábrica e vai ser lançado ainda esse ano. É uma seleção de imagens de nossas turnês pelo mundo e pelo Brasil desde 2008. Muitas cenas de backstage, shows, histórias engraçadas e situações inusitadas em 15 países diferentes, está muito bom! Gravamos, também, um EP de 4 faixas com o BNegão com produção do Roberto Frejat, para registrar a parceria do show do Rock in Rio. A versão online pode ser conferida em streaming no site www.musinova.com. Estamos vendo qual a melhor forma para lançar também no formato físico. E um próximo álbum de estúdio para 2014 também já está nos nossos planos.

 

MUNDO47: O Música Crocante foi um álbum que a banda gravou uma música da banda catarinense Liss, como foi esse contato para gravar a canção? 

 

Flavinha: O Gabriel curtiu muito a música, mostrou pra gente e sugeriu fazermos uma versão. A música é ótima e se encaixou muito bem no repertório do disco!

 

Bacalhau: O Gabriel recebeu o cd ou mp3 do disco da Liss e me disse que havia uma música que poderíamos gravar pro disco novo me enviou, ouvi e gostei de cara e gravamos no disco.

 

MUNDO47: Para os próximos álbuns, vocês pensam em buscar composições novas de outros artistas para fazer sua versão?

 

Flavinha: Se acharmos uma música boa, sim!

 

Bacalhau: Claro é uma idéia pretendo pedir algumas músicas pra alguns compositores que gostamos mas não vou dizer quais!!

 

 

 

 

MUNDO47: Neste sábado a banda toca em Rio do Sul. O que o público local pode esperar para este show?  

 

Flavinha: Alô galera de Rio do Sul, neste sábado venham curtir muito RRRRROCK e Country Rock com Autoramas & Fabulous Bandits!  Já adianto que vai rolar uma participação surpresa no nosso show, não percam!

 

Bacalhau: Rio do Sul pode aguardar pelo melhor show de RRRRRRRRRock  do Festival Barriga Verde e espero ver todo mundo lá pra curtir conosco.

 

Festival Barriga Verde começa neste sábado em Rio do Sul

Começa neste sábado o Festival Barriga Verde

Organizado pelo Coletivo Barriga Verde e a Microponto Produções, o festival terá dois dias em finais de semana diferentes. Neste próximo, dia 19, a entrada é gratuita. No próximo, dia 26, os ingressos custam R$ 20,00 e terá show do Autoramas.

Rio do Sul é hoje uma das principais cidades rock and roll de Santa Catarina. Ainda nos anos 1990 a cidade viu se criar em seus rincões o Tschumistock, lendário festival que durou até 2008. Desde então, a rapeize do lugar inventou muitas coisas bacanas, abrindo espaço para bandas de fora e principalmente, Rio do Sul começou a ver o surgimento de diversas bandas como Liss, Full Gas, Homem Lixo e muitas outras.

O festival vai acontecer num novo point de música e cultura de Rio do Sul, o Lance Cultural, atrás da Rodoviária, beira da BR-470. Mundo47 é apoiador e parceiro das coisas boas do rock em Santa Catarina. Confira as bandas que vão agitar o Lance Cultural nesse sábado e aproveite pra conhecer o som dos caras:


Sanatório (Rio do Sul) - http://on.fb.me/169RTHo
Mades Sterbrand (Rio do Sul) - http://on.fb.me/1hVVB7m
JC Rodrigues (Rio do Sul) - http://bit.ly/17tjuOE
Maggie (Rio do Sul) - http://on.fb.me/18laWNi
Lactobacilos Mortos (Rio do Sul) - http://bit.ly/1bxRWuI
Full Gas (Rio do Sul) - http://on.fb.me/1aMoJeO
Rolldyn (Rio do Sul) - http://on.fb.me/1gjS0EO

Confirme sua presença no evento: http://on.fb.me/1aCtPtZ

 

 

Marujo Cogumelo lança novo vídeoclipe

 

marujo cogumelo

Do Oeste catarinense, mais uma vez, a Marujo Cogumelo nos apresenta um belo trabalho. O clipe de “Sangue Blue”, lado B do vinil  7´´ lançado pela banda no ano retrasado, foi lançado hoje no Youtube e tem direção do grande Roberto Panarotto, vocalista da banda Repolho, de Chapecó.

O velho oeste de SC é um caso a parte. A produção rock and roll sempre é revigorante e muito inspirada nas bandas do Rio Grande do Sul. Lá eles se sentem mais gaúchos do que catarinas, já que é muito mais rápido e fácil viajar de lá para a capital do RS.

Os marujos do oeste deram uma sumida por uns tempos, mas estão de volta com tudo para debulhar o seu róque pelas terras catarinas.

Confira o clipe!

 

 

REC ON MUTE é mais uma bela aposta do independente catarinense

rec on

A REC ON MUTE nasceu em maio deste ano em Jaraguá do Sul. Unindo músicos conhecidos da cena independente do rock catarinense, a banda é mais uma aposta que material bom e de muita qualidade vem por aí. Nesta semana os integrantes da REC ON MUTE á nos deram uma bela amostra com a divulgação de um simples vídeo com áudio do ensaio de uma de suas músicas.

Formada pelos músicos Gabriel Barg, guitarra e voz, Júlio, guitarra, Wilson Lopes, baixo e Kelson Marcelo na bateria, a banda tem fortes influências em post rock, scoegazer, noise e experimental, com pitadas de Sonic Youth, Explosions in The Sky e Mogwai. O batera Kelson Marcelo falou com o Mundo47 e disse que a banda quer lançar até o final deste ano, um EP com algumas músicas. Kelson é velho conhecido deste espaço, com sua Fly-X, trio explosivo de Guaramirim.

Clique no vídeo e escute o som da REC ON MUTE e curta a página da banda no Facebook.  facebook.com/reconmute

Heavy Lero é aposta de ex-vjs da MTV no Youtube

heavy lero

 

O fim da MTV Brasil foi manchete não somente na imprensa, mas também gerou comentários diversos nas redes sociais. Personagens da história da MTV, os ex-vjs da emissora voltaram novamente a estarem em evidência. O melhor ainda é saber que alguns ex-vjs da MTV estão tocando sua vida pensando na música e principalmente no que há de melhor dela.

Gastão Moreira e Edgard Piccoli, que participaram da fundação da falecida MTV, se juntam ao jornalista Bento Araújo e lançam um novo programa na web. O Heavy Lero estreia na próxima terça-feira, dia 8 de outubro, às 20 horas. O programa semanal de 10 minutos será transmitido via canal do YouTube. Será uma conversa informal de três caras sobre música, mais precisamente o rock and roll. O programa é independente

O Heavy Lero ainda terá espaço para bandas nacionais. Os interessados poderão enviar material para a Caixa Postal 72355 – CEP.: 01427-970  - São Paulo/SP

Acompanhe outras novidades na página oficial do Facebook: https://www.facebook.com/heavylero

Falece o músico blumenauense Rodrigo Rolha

Rodrigo (E) faleceu ontem num hospital de Blumenau aos 31 anos.

Hey Miss: Rodrigo (E) faleceu ontem em Blumenau aos 31 anos.

É, algumas coisas são difíceis de entender, principalmente quando alguém que sempre contribuiu para que a vida fosse mais legal nos deixa. Faleceu na noite de ontem, em Blumenau, aos 31 anos, o músico blumenauense Rodrigo Guilherme Weber, o Rolha,  como era conhecido. Segundo informações do amigo e companheiro de rock, Celso Castellen, Rolha teve um AVC na semana passada. Foi para um hospital local, passou por cirurgia de emergência e estava em coma. Na noite de ontem infelizmente ele não aguentou e nos deixou.

Rodrigo Rolha era guitarrista e vocalista. Tocou em diversas bandas da cena independente, mas será lembrado com carinho pelo Mundo47 com a sua participação na formação clássica e definitiva da Hey Miss, banda de Blumenau do começo dos anos 00, que não gravou muita coisa de seu material autoral, mas fez shows históricos por palcos diversos no Vale do Itajaí e na Capital. A Hey Miss era formada também pela vocalista e baixista Dani Hasse, hoje artista que confecciona cartazes de diversos shows e festivais pelo Brasil, por Celso Castellen, empresário do ramo textil, que também passou por bandas da cena independente e o baterista Eduardo Lima que hoje também é empresário.

1185735_10151809441774333_440889328_n

Bom, do Rolha eu vou lembrar sempre dos melhores shows que eu já vi em festas inimagináveis que teríamos nelas grandes shows, da sua alegria, pois o Rolha sempre estava rindo e era um cara muito legal e de seu talento, que era incontestável junto a Hey Miss. Vá em paz cara, a gente se vê um dia…

 

Nova Banda: Velvet Hands mostra a sua cara

Duo catarina: Adriana Neves e Lucas Schlemper são de Balneário Camboriú

Duo catarina: Adriana Neves e Lucas Schlemper são de Balneário Camboriú

Montar um projeto musical diferente, que não seja hard rock ou classic, tocando covers básicas não é fácil em Balneário Camboriú. De maneira geral os músicos tocam sempre as mesmas coisas. Eu é que sei desta dificuldade. A dupla Adriana Neves (guitarra) e Lucas Schlemper (vocal e programação de bateria) resolveram esta questão se juntando e fazendo o duo Velvet Hands.

A simplicidade do duo contrasta com a bela produção musical que está sendo colocada na web através do primeiro clipe. A Velvet Hands colocou seu clipe de Scorpio Moon no YouTube, um importante canal para quem quer começar a aparecer na cena indie alternativa brasileira. Frutos? bom a banda não colheu quase nenhum ainda, mas começam a se esquematizar para poderem mostrar seu material ao vivo.

O som é bem diferente do que se vê no âmbito mais “comum” da cena brasileira. Com letra em inglês, uma guitarra e programação de bateria, a banda retrata suas influências básicas, como Kills, Ravonettes e outras bandas do cenário mais Europeu. Quer conhecer? Visualize o clipe e dê sua opinião

 

Ganhe 01 DVD Lenzi Brothers 15 Anos – AO VIVO

 

MUNDO47!

Ganhe um DVD Lenzi Brothers 15 Anos – AO VIVO! É muito simples! Clique em nossa fanpage, curta a página e compartilhe a foto. Se você já curte esta fanpage, só clicar no link e participar! Dia 17 de setembro vamos sortear o DVD dos irmãos Lenzi, gravado em 2012 e lançado no mês passado!

CURTA A FANPAGE MUNDO47

PARTICIPE DA PROMOÇÃO

 

Veja um pouco do que você poderá ter em casa!

Antonio Rossa com novo clipe na web

 

Antonio Rossa

 

Está no ar o novo clipe de Antonio Rossa.

O lageano radicado na capital catarinense disponibiliza o clipe de “Atmosfera”, do trabalho Espassia.

Sinceramente? A música é “FODA” e Antonio Rossa que além de compor e cantar é um grande nome dos vídeos produzidos para outras bandas de SC e de fora do estado. Quem sabe faz bem feito.

O som, gravado no estúdio Magic Place é daquele tipo de trabalho gravado “With a little help from my friends”, como Gustavo Barreto, que foi integrante de várias bandas legais da capital.

 

 

 

 

Ex-Faichecleres lança clipe de novo trabalho solo

Em novembro disco de Marcos Gonzatto será lançado.

Em novembro disco de Marcos Gonzatto será lançado.

Ele é catarinense de Rio Negrinho, mas foi radicado em Curitiba no início dos anos 00 que Marco Gonzatto se projetou no rock independente nacional tocando guitarra na lendária Faichecleres. A banda para quem não lembra,  era um power trio de visual retrô com letras que lembrava Cascavelletes e toda a raça do rock gaúcho. Fez sucesso de certa forma na cena independente e em meados da década, se mudou para São Paulo. O baixista e vocalista era Giovanni Caruso, que logo deixou o grupo para fazer sua carreira solo em Curitiba. Ficou Marcos e Tuba Caruso, que colocaram no baixo durante algum tempo, outros músicos paulistas. O Faichecleres nunca mais foi o mesmo e agora está devidamente enterrado.

Marcos Gonzatto é um exímio guitarrista. Com aquela cara de Ronnie Wood, fez riffs históricos nas músicas dos Feichecleres e agora está lançando trabalho solo. O álbum está previsto para o mês de novembro e se chama “A Velha Moda Chamada Rock and Roll” e o single do vídeo abaixo se chama “Eu Vou Voltar”, com o músico anunciando no título que o rock é uma velha moda e que ele está de volta, tanto nas guitarras e vocais.  Radicado em Curitiba, Marcos nos últimos anos participou de alguns projetos de outros músicos. Vira e mexe ele toca também como músico em outras bandas e com outros artistas.  ”Eu vou voltar” é a nova música lançada com Marcos Gonzatto – Guitarra/Voz; Renato Ximu – Guitarra Base; Ivan Rodrigues – Bateria; Padre Gonzatto- Baixo; Rogerio Assis – Percurssao e o vídeo foi dirigido e editado por Júlio Garcia.

 

Yellow Box lança clipe de Up and Down

Banda de Itajaí em nova fase lança primeiro clipe

Banda de Itajaí em nova fase lança primeiro clipe

Depois de virarem um trio, com a saída do guitarrista e lead singer Japa Kikuchi, a Yellow Box de Itajaí deixou um pouco de lado o seu trabalho autoral. A banda que tem uma característica de fazer covers nos bares da vida em Santa Catarina, fez o seu primeiro álbum cheio com várias boas músicas, mas a maioria com Japa nos vocais. Mesmo assim, Bruce Marques, Rodrigo Ramos e Lucas Zaguini Nunes não desistiram do trabalho autoral e voltam com tudo neste lançamento.

Nesta sexta-feira, 30 de agosto, a Yellow Box disponibilizou no YouTube seu primeiro clipe como um trio de músicos.  A música escolhida é Up and Down, um belo petardo rock and roll, cantado em inglês como todas as outras músicas do seu primeiro álbum. Sabe, tem muita gente que torce o nariz por bandas brasileiras cantarem em inglês. Eu acho isso uma grande bobagem. Danem-se os críticos! A Yellow Box está de volta e vai ser difícil segurar os rapazes.

Confira o clipe de Up and Down

 

Últimos Românticos da Rua Augusta lançam single em vinil

Vinis estão em pré-venda com envios a partir de setembro.

Vinis estão em pré-venda com envios a partir de setembro.

 

De São Paulo, mas também com sangue 47 nas veias, Os Últimos Românticos da Rua Augusta lançam seu primeiro trabalho em mídia física. O Single em vinil, com várias opções de cores, chega à web em pré-venda no site to selo Hearts Bleed Blue.

Você pode comprar só o disco ou um pacotão interessante com camiseta e bolachas de chopp. A tiragem é de 500 cópias, divididas em 3 cores, preto vermelho e vermelho manchado.Por isso, corra logo atrás do seu!

Entre aqui e confira!

URRA

O single 7´´ chega com músicas de Gustavo Kaly,  catarinense radicado em São Paulo com trabalhos na Stuart, Kaly e Os Hospedes do Chelsea e Últimos Românticos da Rua Augusta.